SEJA ÉTICO

SEJA ÉTICO: Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução do conteúdo deste blog com a devida citação de sua fonte.

quinta-feira, 16 de agosto de 2007

Rádio Bandnews FM

Você também não tem tempo para se manter bem informado?
Então, fica aqui a minha sugestão:
.
RÁDIO BANDNEWS FM
.
RJ - 94,9
SP - 96,9
Porto Alegre - 99,3
BH - 89,5
Salvador - 99,1
Curitiba - 96,3
Brasília – 90,5
.
Sempre que posso, eu já começo o dia ouvindo a Rádio BandNews FM.
De 2ª a 6ª, de 7h às 10h sob o comando do jornalista Ricardo Boechat, você fica bem informado com notícias, entrevistas e muito bom humor.
.
Outras atrações:
.
POESIA - “Quadrante”, com Paulo Autran (2ª a 6ª, às 2h17, 9h57, 17h17 e 22h17)
POLÍTICA – Com Dora Kramer (2ª a 6ª, às 6h56 e 18h56, sáb. às 18h56)
GASTRONOMIA – Com István Wesser (2ª a 6ª, às 12h37 e 21h17)
POR DENTRO DO ESPELHO – Com Inês de Castro (2ª a 6ª, às 3h17, 10h57 e 19h57)
VINHOS – Com Alexandra Corvo (2ª a 6ª, às 2h37, 12h17 e 20h17)
ECONOMIA – Com Ana Lúcia Moretto (2ª a 6ª, às 7h17, 12h07, 17h57 e 23h57)
.
Para se informar sobre outros colunistas, entre no endereço eletrônico: www. bandnewsfm.com.br
.
Informação sem mau humor, e sem ser uma coisa chata.
Ouça pelo menos uma vez para conhecer, e depois me diz.
.

domingo, 12 de agosto de 2007

Diálogo surreal com um flanelinha no Rio de Janeiro


"De um flanelinha no Flamengo, no Rio, para um carioca que estacionou e pediu para pagar na volta:

- Melhor pagar agora mesmo porque já estou de saída, patrão..."

(O Globo, coluna 'Ancelmo Gois', 30/7/2007, p. 14)

Não precisa acrescentar mais nada, né?

quinta-feira, 9 de agosto de 2007

A América Latina é aqui!

Cada vez mais os filmes que assistimos, as músicas que ouvimos e os livros que lemos vêm dos EUA. É uma realidade comum ao Brasil, Portugal, e a vários outros países no mundo, em particular, na América Latina.
.
Desde crianças somos acostumados a aprender a História e a conhecer a cultura estadunidense. Paradoxalmente, praticamente desconhecemos a realidade, a cultura e o que se faz de bom no resto do mundo, inclusive aqui próximo a nós, nos países vizinhos. E também no nosso próprio país. Não há espaço para todos. O idioma português é muitas vezes substituído por estrangeirismos na imprensa, na propaganda e no comércio.
.
O Brasil é um país latino-americano, e se a integração econômica pretendida pelo Mercosul viesse também acompanhada de uma integração cultural, todos os países da região ganhariam com isso. É importante que conheçamos mais a respeito dos nossos vizinhos, e eles sobre nós.
.
Infelizmente, nós, latino-americanos, somos estimulados a nos manter afastados, e a viver nos depreciando, em uma relação inexplicável baseada na desconfiança e em brigas. Seria a tática do “dividir para dominar”?
.
Como já disse o jornalista e escritor uruguaio Eduardo Galeano:
“A América Latina constitui, ainda, um enigma aos nossos próprios olhos. Que imagem o espelho nos devolve? Uma imagem quebrada. Pedaços. Pedaços desconectados entre si: um corpo mutilado, uma cara por fazer. E fomos treinados para cuspir no espelho.”
.
Acredito que para mudarmos essa realidade precisamos começar a conhecer mais a região em que vivemos. Deixo aqui uma relação de 10 ótimos filmes. Sei porque já assisti todos. As pequenas resenhas eu mesmo escrevi. Assistam, e depois me digam o que acharam, e se tiverem mais sugestões de filmes latino-americanos, podem me enviar também. Não se fazem filmes somente em Hollywood. Um abraço.
.
Flávio RJ Lopes
09/7/2007
.
O FILHO DA NOIVA (“El Hijo de la Noiva”)
Argentina, 2001, Drama
Direção: Juan Jose Campanella
Com: Norma Aleandro e Hector Alterio (de “A História Oficial”, vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de 1985), e Ricardo Darín.
É um filme para aqueles que gostam de se emocionar com uma bonita estória de amor, e também de rir. Conta o desejo de um senhor de fazer a vontade de sua mulher, sofrendo com Mal de Alzheimer, e com quem vive há 44 anos: casarem-se na Igreja. E o filho, divorciado, com uma filha pequena, passa a tentar ajudá-lo, enquanto revê toda a sua vida após sofrer um enfarte. Uma dica: não desligue o DVD logo após o final do filme, e assista aos créditos (adiante com o controle). Vale a pena conferir!
.
CLUBE DA LUA (“Luna de Avellaneda”)
Uma co-produção argentino-espanhola. 2004, Drama
Direção: Juan José Campanella
Com: Ricardo Darín, Eduardo Blanco, Mercedes Morán.
O filme mostra a realidade da Argentina, em 1990, às voltas com uma grave crise econômica, através de um tradicional clube, sofrendo pela falta de sócios, suas dívidas e suas instalações necessitando de urgentes reformas. Enquanto alguns lutam em defesa do clube, buscando manter os sócios unidos a fim de resolver os problemas existentes, outros defendem a sua venda para ser derrubado, e dar lugar a um cassino. O filme também expõe a falta de perspectivas dos argentinos, desanimados pela situação do país, e vendo como única solução emigrar para buscar um emprego na Espanha. Uma realidade muito próxima de nós, brasileiros. O clube simboliza o país, a Argentina (como poderia ser o Brasil, ou muitos outros países na mesma situação). O filme é muito interessante, humano, e o final surpreende. Vale a pena!
.
NÃO É VOCÊ, SOU EU (“No sos vos, soy yo)
Argentina, 2004, Comédia romântica.
Direção: Juan Taratuto
Com: Luis Brandoni, Soledad Villamil e Cecília Dopazo.
Javier, um médico de 30 anos, e sua namorada resolvem casar, e deixar o país para viver em Miami. Javier demite-se do emprego, vende o apartamento, e a mulher viaja alguns dias antes, enquanto os documentos do marido não saem. No dia em que viajaria para Miami, a caminho do aeroporto, o rapaz é surpreendido por uma ligação da esposa dizendo para que ele não viajasse mais porque ela encontrara um novo amor. Que situação! Sem emprego, sem moradia própria, e sem ânimo para continuar a vida sem a mulher com quem planejou viver para sempre, Javier procura forças para reagir, e a ajuda de um cachorro para recomeçar a vida. O filme mostra que a vida pode ser feita de recomeços.
.
LUGARES COMUNS (“Lugares Comunes”)
Argentina, 2002, Drama
Prêmios: Melhor atriz e melhor roteiro adaptado (Prêmio Goya 2003); melhor atriz (Festival de Gramado 2003); Prêmio Glauber Rocha, Prêmio OCIC e Prêmio Vigia (Festival de Havana 2002); melhor roteiro e melhor atriz (Festival de San Sebastian 2002).
Direção: Adolfo Aristarain
Com: Federico Luppi, Mercedes Sampietro e Arturo Puig.
A vida de um professor universitário é completamente alterada quando ele é aposentado por decreto. Sem condições de suportar as despesas, ele e a esposa são obrigados a vender o apartamento, e mudar-se para uma fazenda, no interior, onde procuram plantar lavanda e exportar a sua essência para fabricantes de perfume, no exterior. O único filho do casal mora na Espanha, com a esposa e filho, e quando se encontram não conseguem se aproximar um do outro.
.
ILUMINADOS PELO FOGO (“Iluminados por el Fuego”)
Argentina, 2005, Guerra
Prêmios: 53º Festival Internacional de Cinema de San Sebastián; Melhor Filme Festival de Cinema de Havana 2005; Prêmio Goya Melhor Filme Estrangeiro de Língua Espanhola, Espanha 2006.
Direção: Tristán Bauer
Com: Gastón Pauls, Pablo Ribba
Baseado no livro homônimo, escrito por um veterano da Guerra das Malvinas. O filme mostra um pouco do que foi este conflito, ocorrido em 1982. Jovens sem o treinamento necessário são enviados às ilhas, onde têm que enfrentar o frio, a falta de comida, o despreparo de alguns oficiais, além do ataque inglês, apoiado pela OTAN e pelos EUA. Muito interessante.
.
NOVE RAINHAS (“Nueve Reinas”)
Argentina, 2000, Ação, VHS
Direção: Fabián Bielinsky
Com: Ricardo Darín e Gastón Pauls.
Dois sujeitos que vivem de enganar as pessoas, se conhecem e procuram dar o golpe das suas vidas: vender a um milionário espanhol que deixará a cidade na manhã do dia seguinte uma série falsificada de selos muito raros e valiosos (“Nove Rainhas”). Muito divertido, e com um ritmo muito rápido que te prende do início ao fim. Aliás, o final é show!... Ainda não foi lançado em DVD.


.
MACHUCA (“Machuca”)
Chile, 2004, Drama
Na década de 1970, pouco antes do golpe militar que levou ao poder o presidente Augusto Pinochet, um padre resolve inserir crianças pobres em um colégio de famílias ricas, a fim de diminuir as diferenças existentes na sociedade. Daí, nasce a amizade de três crianças, uma delas leva o nome-título do filme. Dessas três crianças, duas são de famílias pobres, e uma de família rica. Mas a realidade e os preconceitos dos adultos torna tudo mais difícil. Quem assistir, vai se emocionar.

.
O ABRAÇO PARTIDO (“El Abrazo Partido”)
Argentina, 2004, Drama
Prêmios: Vencedor do Urso de Prata Melhor ator (Daniel Hendler) e Grande Prêmio do Júri (Festival de Berlim 2004)
Direção: Daniel Burman
Com: Daniel Hendler, Adriana Aizemberg e Jorge D’Elia.
Um rapaz vive às voltas com as incertezas relacionadas à sua vida: qual profissão seguir, emigrar ou não para a Europa, relacionamentos pessoais. E com a possibilidade de conhecer o seu pai, que abandonou a família quando ele ainda era um bebê para lutar no Oriente Médio, na Guerra do Yom Kipur. Antes que ele decidisse o que fazer, um acontecimento inesperado muda completamente as coisas.
.
PANTALEÃO E AS VISITADORAS (“Pantaleón y las Visitadoras”)
Peru, 1999, Drama
Adaptação do livro homônimo do escritor peruano Mario Vargas Llosa.
Direção: Francisco J. Lombardi
Com: Salvador del Solar, Mónica Sánchez e Angie Cepeda
Prêmios: 7 Kikitos de Ouro, no Festival de Gramado (Melhor Filme; Melhor Diretor; Melhor Ator, Salvador del Solar; Melhor Roteiro; Melhor Edição; Prêmio do Júri e Prêmio da Audiência).
Melhor Ator (Salvador del Solar), no Festival de Cartagena.
Militar com carreira promissora no Exército peruano é designado para uma missão incomum e sigilosa: organizar um serviço de prostitutas para os jovens militares instalados na selva amazônica peruana a fim de acabar com os problemas causados pela abstinência dos soldados. Mesmo contrariado, Pantaleón Pantoja resolve cumprir a missão, mas, ao se envolver com uma das “visitadoras”, ele vê o seu casamento correr o risco de terminar.
.
NINGUÉM ESCREVE AO CORONEL (“El Coronel no tiene quien le Escriba”)
México, 1999, Drama
Baseado no romance de Gabriel García Márques
Direção: Arturo Ripstein
Com: Fernando Luján e Marisa Paredes
Casal de idosos sofre pela morte recente do único filho e pelas graves dificuldades financeiras, inclusive a ameaça de despejo. O coronel aguarda por quase 27 anos que o governo lhe pague uma aposentadoria especial aprovada pelo Senado por ele ter sido um dos militares a lutar durante um conflito ocorrido no país. Toda semana, o coronel aguarda ansiosamente a chegada do carteiro à sua cidade com a confirmação do início do pagamento da sua aposentadoria.

quinta-feira, 2 de agosto de 2007

O Brasil nos XV Jogos Pan-Americanos


O Brasil obteve o seu melhor desempenho em Jogos Pan-Americanos. Terminou a competição na 3ª colocação, com um total de 54 medalhas de ouro, atrás somente da maior potência esportiva do mundo, os EUA, e de Cuba. No total geral de medalhas, no entanto, ficamos em 2º lugar.
.
.............................. OURO....PRATA.. BRONZE..... TOTAL GERAL
1º - EUA.....................97............88............. 52..................... 237
2º - CUBA...................59........... 35............. 41......................135
3º - BRASIL................54............40............. 67......................161
4º - CANADÁ............. 39............43............. 55......................137
5º - MÉXICO...............18............ 24............ 31........................73
6º - COLÔMBIA..........14............ 21............ 13........................48
7º - ARGENTINA.........11............ 15.............33........................59
8º - VENEZUELA........10............ 25.............34........................69
.
O Brasil tornou-se campeão pan-americano:
.
MASCULINO.................................................................... FEMININO
.
Basquete...............................................................................Futebol
Handebol.............................................................................Handebol
Vôlei de Praia.................................................................Vôlei de Praia
Tênis
Tênis de Mesa (equipe)
Vôlei
Futsal
.
Além de outras 44 medalhas de ouro.
.
A organização brasileira foi elogiada pelo presidente da Odepa (Organização Desportiva Pan-Americana), Mario Vasquez Rama (O Globo, 30/7, p. 14):
- O Rio celebrou os melhores Pan-Americanos da História.
.
É mais uma prova da capacidade do Brasil para sediar um evento internacional. Mais um exemplo do talento dos nossos atletas.
.
Inversamente proporcional ao valor do povo carioca (e brasileiro) estão os nossos parlamentares e governantes (os atuais e os seus antecessores). O Brasil é um país beneficiado pela natureza, com inúmeras riquezas em seu território. Um clima maravilhoso. O que atrapalha e dificulta o nosso sucesso são os nossos políticos: em geral, corruptos e despreparados. Nesses Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, há várias denúncias de desvios de verbas e licitações fraudulentas ou até mesmo contratações sem licitação pública. É importante que essas denúncias não sejam esquecidas com o término da competição. E seria muito bom para a auto-estima dos cidadãos brasileiros que, senão todos, alguns dos ladrões que meteram a mão no dinheiro do Pan fossem para a cadeia. Somente para variar um pouquinho.
.
Como reconhece a propaganda oficial do governo federal: “o melhor do Brasil são os brasileiros!”
.
FlávioRJLopes