SEJA ÉTICO

SEJA ÉTICO: Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução do conteúdo deste blog com a devida citação de sua fonte.

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

A partir de agora, adotei um "andar defensivo"


Além de ter que estar sempre atento aos carros e motos, ao trânsito maluco, e aos motoristas irresponsáveis, a gente tem que prestar atenção também aos ciclistas. Outro dia eu quase fui atropelado por uma adolescente que pedalava em sua bicicleta, junto ao meio-fio, pela contramão do trânsito. Por muito pouco ela teria me atropelado justamente quando eu iria atravessar a rua, com o sinal fechado para os carros e, portanto, aberto para mim.

        Distraída e sem prestar atenção à movimentação dos pedestres que por ventura pudessem atravessar a rua, ela veio pelo sentido contrário, sem fazer uso de nenhum sinal sonoro, como uma campainha, por exemplo.  Tudo foi muito rápido e um dos punhos do guidão da bicicleta chegou a bater na minha barriga. Podia ter sido muito pior. E a garota sequer parar para saber se tinha me machucado, ou pedir desculpas, parou...

Para aprender a dirigir um automóvel ou uma motocicleta é obrigatório passar por um exame teórico e prático. Para pegar uma bicicleta e sair por aí pedalando, não se exige nada. Qualquer um pode dar uma de ciclista. Mas, é preciso que as pessoas que queiram pegar uma bicicleta e pedalar pelas ruas e/ou calçadas da cidade tenham um mínimo de responsabilidade e bom senso para respeitar algumas regras básicas. Uma delas é prestar MUITA atenção no deslocamento dos pedestres, principalmente  se estiver na contramão do fluxo dos automóveis. Outra, é que as calçadas foram feitas prioritariamente para os pedestres.

Os entregadores de farmácias são os piores. Eles costumam pedalar pelas calçadas como se fossem ciclovias, não querem nem saber se estão na contramão, ou se pedestres estão andando nas calçadas. “Onde já se viu isso?, pedestres nas calçadas!”, devem pensar esses entregadores.

      Quer saber? Não dá para confiar que os ciclistas pedalem com responsabilidade pela cidade, por isso, vou olhar sempre para os dois lados antes de atravessar uma rua, mesmo que não seja mão dupla! Quando estou ao volante, procuro manter sempre uma postura de direção defensiva, ou seja, com muita responsabilidade e atenção. Agora, quando estiver como pedestre, o negócio é fazer o mesmo, no caso, ter um “andar defensivo”. É mole!?  fr 

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Pelezinho está de volta!

Mauricio de Sousa e a editora Panini estão reeditando as estórias do Pelezinho, muito legal! Lembro que eu lia essa revista quando criança, bem pequeno. "Pelezinho" foi uma revista lançada pela editora Abril, e que teve curta duração, foi às bancas de agosto de 1977 a maio de 1982 apenas. Pelezinho é um personagem que o Mauricio criou em homenagem ao camisa 10 do Santos e da seleção brasileira, e os demais personagens também foram criados de acordo com as características de pessoas reais, com as quais o craque conviveu quando criança. À época, para poder criar as estórias da turma, Mauricio de Sousa reuniu-se com Pelé várias vezes para ouvir dele as lembranças de sua infância.  Muita gente tinha saudades dessa revista e pedia ao Mauricio para reeditá-las (eu mesmo cheguei a pedir também, pelo twitter), e, após anos de espera (e negociações das partes envolvidas), a revista voltou. Eu já comprei a nº 1, essa é para eu guardar na minha coleção.    fr 
 

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Bolero, de Ravel



"Bolero", de Maurice Ravel, é minha música clásssica preferida, ela começa devagar, baixinho, e aos poucos vai aumentando o seu ritmo. Às vezes a coloco para tocar várias e várias vezes enquanto arrumo algumas coisas. Sobre a música dita "clássica", as pessoas não podem dizer que não gostam daquilo que não conhecem, não estão acostumadas a ouvir. E não se pode dizer que os brasileiros não gostam de ouvir música clássica, tanto que quando são organizados eventos gratuitos para o povo, ele se faz presente. O problema é que no Brasil a mídia massifica músicas de qualidade inferior, com letras pobres e rimas fáceis e sem conteúdo, tudo na busca do lucro fácil. Lamentável! fr

domingo, 26 de agosto de 2012

Desenhos "desanimados" que divertiam bastante!

Exibidos na década de 1970, os desenhos "desanimados" divertiam a garotada.
Uma de minhas lembranças de quando eu era criança era ficar assistindo desenhos na TV, algo marcante para praticamente todo mundo não!? Eu gostava muito dos desenhos da Marvel: Homem-Aranha (o meu preferido), Homem de Ferro, Thor, Hulk e Os Vingadores (com o Homem-Formiga), criados por Stan Lee em parceria com outros desenhistas; Namor e Capitão América. Hoje em dia, eles são carinhosamente chamados de “desenhos desanimados” pela enorme diferença da qualidade que os separa dos recursos dos desenhos atuais. Para se ter uma ideia, os “efeitos” dos socos trocados entre os heróis e os vilões apareciam escritos no próprio desenho, onomatopéia pura! rs Mas mesmo assim é muito bom relembrar a infância de vez em quando, tanto que procurei DVDs desses desenhos “desanimados’, foi difícil mas acabei encontrando. Valeu a pena para matar a saudade! Agora eles estão guardados até que um dia a saudade bata de novo porque eles são bem devagar mesmo, mas era o que a gente tinha na época. rs   fr    
Procurei muito, mas consegui comprar DVDs para matar a saudade.
 

sábado, 25 de agosto de 2012

   

Quando será que as monarquias serão extintas de vez!? Há tradições que já não fazem mais sentido há tempos! (Emir Sader)

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Resolvi perguntar

__________________________________________

1 - Ao invés de o governo criar “cotas” para estudantes negros, por que não se empenha seriamente em melhorar a qualidade do ensino público no Brasil?   fr

2 - Por que os corredores, nas provas de atletismo, quando estão prestes a cruzar a linha de chegada, diminuem o ritmo, ao invés de procurar mantê-lo para baixar o seu tempo?   fr
__________________________________________

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Mais uma asneira da família real

Mais uma asneira do príncipe Harry, terceiro na sucessão do trono britânico. Fotos dele pelado em uma festa em Las Vegas, nos Estados Unidos, foram divulgadas terça-feira por uma publicação de celebridades na internet. a autenticidade das fotos foi confirmada por um porta-voz da família real. O neto da rainha Elizabeth II já se envolveu em outros escândalos. Ele já foi a uma festa à fantasia vestido de nazista e já foi fotografado com a mão nos seios de uma apresentadora de televisão, por exemplo. Harry é conhecido por gostar de aproveitar bem a vida, indo a festas, bebendo e se divertindo com os amigos e muitas mulheres. Até aí tudo bem, se não fosse às custas do dinheiro público inglês, que o sustenta. Se Harry não tivesse nascido em uma família “real”, provavelmente teria que trabalhar para se sustentar, mas isso os membros da família real britânica não sabem o que significa, pois está muito longe da sua realidade.  fr   

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Filme retrata o golpe militar de 1964


         
           A TV Brasil exibiu uma série em três episódios, escrita pelo jornalista Flavio Tavares, de excelente qualidade, sobre o golpe militar de 1964, com entrevistas com historiadores, professores, e políticos e militares que participaram da época, inclusive representantes do governo dos Estados Unidos. “O Dia Que Durou 21 Anos” é imperdível para quem deseja saber mais sobre esse período negro da História do Brasil.
          O então presidente João Goulart, com sua política externa independente, contrariava os interesses dos Estados Unidos e das multinacionais instaladas no Brasil, a quem criticava pelos seus lucros excessivos e abusivos.
                  Em plena Guerra Fria, os Estados Unidos, governado à época pelo presidente John Kennedy, temia que o Brasil seguisse o caminho de Cuba e se alinhasse à então União Soviética. Passaram a adotar uma política hostil ao governo de Goulart, apoiando políticos da oposição com dinheiro e adotando práticas desestabilizadoras, em uma clara interferência nos assuntos internos brasileiros. Essa política teve sua continuação com o presidente Lyndon Johnson, que assumiu o lugar de Kennedy em 1963, quando este foi assassinado.
                  “Imagine se o governo brasileiro tivesse financiado Barack Obama, tivesse gasto 30 milhões de dólares na última campanha ou tivesse enviado dinheiro para apoiar os governadores da Flórida ou da Califórnia, imagine o escândalo nos Estados Unidos. Ainda assim, Gordon [Lincoln Gordon, embaixador estadunidense no Brasil à época] não via nada de errado no governo americano financiar candidatos contra Goulart nas eleições de 1962.” (James Green, historiador da Brown University)
                  O documentário aborda a operação Brother Sam, com a participação da CIA e da Casa Branca no golpe de 1964. Os EUA não desejavam que o Brasil se tornasse uma ditadura comunista, mas não se importou em ver o país enveredar para uma ditadura militar, que pôs fim à liberdade de imprensa e de expressão, prendeu e matou milhares de brasileiros.
                 “Os Estados Unidos reconheceram imediatamente o governo brasileiro [pós-golpe], e então perceberam que tinham cometido um erro. O erro é que o mundo inteiro logo deduziu, corretamente, que os Estados Unidos haviam apoiado e organizado o golpe.” (Peter Kornbluh, coordenador do National Security Archives dos EUA)
Assistam o vídeo com a íntegra da série. Imperdível! fr




terça-feira, 21 de agosto de 2012

Propaganda eleitoral tem início no rádio e na TV

Hoje, tem início a propaganda eleitoral no rádio e na TV. De segunda a sábado, duas vezes por dia, ao longo de intermináveis 45 dias. E onde houver 2º turno, a propaganda eleitoral retorna, e se estende por mais um novo período. Se os políticos tivessem o que dizer, e se eles cumprissem os compromissos assumidos com a população, até valeria a pena a existência do horário. Mas, infelizmente, a realidade é completamente o oposto. Lamentável! fr

Justiça condena igreja por agressões a fiel com epilepsia

domingo, 19 de agosto de 2012

Bandidos ameaçam explodir mulher senão roubasse joias de loja

           Sexta-feira, mulher foi rendida por 8 bandidos dentro do seu carro quando ia buscar o filho na escola, e obrigada a vestir um cinto recheado de explosivos, para assaltar loja de joias localizada em bairro nobre de São Paulo. Ameaçada, se não entrasse na loja com uma caixa de tênis, onde haveria também uma bomba, e dissesse às funcionárias para entregar a ela as joias, os bandidos a explodiriam. Do lado de fora, através de um celular que deram à moça, eles repetiram a ameaça a uma funcionária da loja, dizendo estarem próximos à loja, e que a explodiriam com todos dentro. Desesperadas, as funcionárias despejaram as bandejas em uma sacola. A moça deixou a caixa de tênis sobre o balcão, levando a sacola e o celular, através do qual recebia as ordens dos bandidos.
Foto: Marcelo Justo - Folhapress
          De acordo com as testemunhas, todo o ocorrido não levou mais do que dois minutos. Nas proximidades da loja, a moça foi abordada pelos bandidos, que levaram a sacola com as joias e relógios, e ordenaram a ela ficar parada na calçada. Em três minutos, eles ligariam para o celular para avisar que teriam desativado o dispositivo do cinto, o que foi feito. O Gate, Grupo de Ações Táticas Especiais da Polícia Militar de São Paulo, foi chamado ao local, onde analisou o cinto, descobrindo não haver explosivos nele, mas na caixa de tênis havia pólvora e fogos de artifícios, misturados a jornais, que teriam a capacidade de provocar lesões nas pessoas. Os bandidos fugiram com as joias e os relógios, e o valor do assalto não foi divulgado.
Informações do G1 e Folha de S. Paulo

Esse tipo de assalto não é uma novidade no Brasil, e é muito traumático para as pessoas envolvidas. É muito importante que a polícia prenda esses bandidos e os próximos que, eventualmente, venham a usar esse tipo de estratégia criminosa, para desestimular a sua prática no país, senão ele poderá ser cada vez mais frequente.   fr

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Batman e Homem-Aranha nos cinemas

Assisti recentemente aos dois filmes lançados este ano com dois dos maiores heróis dos quadrinhos estadunidenses.

Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge (The Dark Knight Rises)
. Gostei do filme, mas é muito longo, quase três horas (2h45min.).
. “Cavaleiro” das Trevas? Não é por nada não, mas podiam ter escolhido um nome muito melhor.
. O inimigo, Bane, não é um dos vilões clássicos dos gibis. Não sou um leitor assíduo de Batman, mas acho que podiam ter procurado um dos oponentes mais conhecidos.
. Sei que, como todo filme de ação, tem que se abstrair muita coisa, mas querer que a gente engula que o bilionário Bruce Wayne (vivido pelo ator Cristian Bale), ou melhor, o seu mordomo, Alfred (Michael Caine), seria tão descuidado na hora de contratar uma empresa para organizar uma festa em plena mansão é demais! Alfred é o braço direito de um bilionário recluso, e ainda por cima com o segredo de ser Batman, e não faz questão de checar pessoalmente a ficha de todos os empregados da tal empresa que iriam trabalhar na festa? E ainda por cima ele dá a chave do quarto de Bruce Wayne a uma garçonete que ele nem conhece e manda ela levar a comida ao patrão... por que ele mesmo não levou? rsrs Não deu outra, claro, ela foi ao quarto e roubou um colar que era da mãe do Bruce Waine (ele devia descontar do salário do Alfred! rs)
. A ladra, Selina Kyle (Anne Hathaway), que seria a Mulher Gato, sai para roubar disfarçada para que ninguém a reconheça. Como ela faz? Coloca uma pequena máscara que cobre apenas os olhos!... Ah!, tá. Ninguém vai saber quem ela é! rs
. Bruce Wayne fica longos oito anos recluso, sem se exercitar, andando com uma bengala. De repente, de uma hora para outra, resolve entrar na armadura de Batman e volta à antiga forma, como se não tivessem se passado oito anos! Tá bom!
. No final do filme, como não poderia deixar de ser, deixam um gancho para o próximo ‘Batman’. O investigador John Blake (Joseph Gordon-Levitt) deixa a polícia e entra na BatCaverna (como assim?, virou bagunça?, qualquer um passou a saber onde fica o esconderijo do homem-morcego?). Provavelmente, no próximo filme, ele voltará como Robin.
Brincadeiras à parte, o filme é uma ótima diversão, vale à pena.   fr

O Espetacular Homem-Aranha (The Amazing Spider-Man)
. Homem-Aranha é, de todos os super-heróis, o meu preferido, desde criança.
. O filme poderia ser simplesmente “Homem-Aranha 4”, mesmo com a mudança dos atores.
. Neste filme, voltaram ao início, contando o surgimento do Homem-Aranha, com a picada da aranha radioativa. Atualizaram muito isso, já que nos quadrinhos, originalmente na década de 1960, nem se sonhava com computadores etc. Eu teria preferido se tivessem dado sequência ao terceiro filme, sem recontar o início do personagem.
. Depois dos três primeiros filmes com o ator Tobey Maguire no papel principal, fica estranho ver o filme com outro Peter Paker. Para este filme, Andrew Garfield substituiu Maguire, de quem eu gostava mais como Homem-Aranha.
. Eu senti falta da Mary Jane, personagem que nos quadrinhos casa-se com Peter Parker, e foi interpretado nos três filmes anteriores pela atriz Kirsten Dunst. Podiam ter mantido a personagem, mesmo que Parker tivesse ficado com outra colega de turma, a Gwen Stacy, como, aliás, nos quadrinhos acontecia, as duas eram rivais.
. As tiradas engraçadas do J.J. Jameson, dono do ‘Clarim Diário’ fizeram falta.
. Uma coisa boa neste filme, é que voltaram à estória original e verdadeira dos quadrinhos. Peter Parker voltou a atirar teias sintéticas, fabricadas por ele próprio. Nos anteriores, as teias saiam dos braços, uma alteração ridícula feita para o cinema.
. Assistir o filme em 3D vale a pena, tem horas que você se assusta com objetos vindo na sua direção, muito legal.
. No final do filme, tem, claro, a deixa para a continuação.
. Eu gostaria de ver no próximo Homem-Aranha, um desses vilões tradicionais: o Camaleão (ele tem o poder de assumir a imagem de qualquer pessoa), ou o Mistério. Mas o meu preferido é o Duende Verde.
. Apesar de tudo, gostei do filme, muito bom.    fr  

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Elvis Presley

Uma homenagem do blog ao cantor Elvis Presley,
cuja morte completa hoje 35 anos.
"A Little Less Conversation"
                

Banco adota inovação burra e retrógrada

      A modernização é algo esperado e, em geral, benéfico. Mas quando mal utilizada, ela só atrapalha. Ontem, fui ao BarraShopping, e aproveitei para pagar duas contas. Para minha surpresa, a caixa não autenticou o pagamento nas contas, disse que o banco (o mesmo que gasta uma fortuna para ser o patrocinador oficial da seleção brasileira) está implantando um novo método, e que a autenticação mecânica no documento está sendo substituída por um comprovante emitido no caixa. Um absurdo! O banco está indo na contramão do uso racional de papéis e da desburocratização.

É muito mais prático o cliente guardar apenas um documento, cujo comprovante de pagamento esteja autenticado no próprio. Agora, vamos ter que guardar a conta mais um papel em anexo. Mais papel sendo gasto, mais papel para guardar. E o pior: o papel utilizado pelo banco é aquele amarelo, que o banco diz ser um “papel termossensível”, e que, com o tempo, as letras e algarismos vão se apagando. Ou seja, é uma inovação burra e retrógrada!    fr

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

"Sinto-me feliz, todas as noites, quando ligo a televisão para assistir ao jornal. Enquanto as notícias dão conta de greves, agitações, atentados e conflitos em várias partes do mundo, o Brasil marcha em paz, rumo ao desenvolvimento. É como se eu tomasse um tranquilizante após um dia de trabalho." (Presidente Ernesto Geisel, durante o seu governo, em plena ditadura militar e, portanto, da censura aos meios de comunicação.)

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Doping tira medalha de ouro da Bielorrússia e altera quadro de medalhas

O quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Londres foi alterado. O Comitê Olímpico Internacional (COI) tirou a medalha de ouro da atleta bielorrussa Nadzeya Ostapchuk na prova de arremesso de pesos devido a seu exame ter acusado presença do esteróide metenolone, substância considerada doping. Assim, a medalha de ouro passou às mãos da atleta da Nova Zelândia, Valerie Adams, a de prata para as da russa Evgeniia Kododko, e a de bronze para as da chinesa Gong Lijiao. A atleta brasileira Geisa Arcanjo, que tinha terminado em 8º lugar, subiu para o 7º.
Com esta alteração, o quadro de medalhas teve alterações de posições. A Nova Zelândia passou a ter uma medalha de ouro a mais que Cuba, tomando a 15ª posição. E Bielorússia, com a perda da medalha de ouro, caiu da 23ª posição para a 26ª. A China ganhou uma medalha de bronze a mais, e a Rússia teve uma medalha de bronze transformada em prata, mas permaneceram nas suas posições anteriores. Lembrando que o critério mais utilizado na mídia brasileira para definir a posição final do quadro de medalhas em competições internacionais é a quantidade de medalhas de ouro, prata e bronze, nesta ordem, e não o total de medalhas conquistadas.  fr


Até que enfim fizeram uma camisa bonita

Após a perda da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres, o Brasil volta a campo amanhã, em amistoso contra a Suécia, no Estádio Råsunda, o mesmo onde foi realizada a final da Copa do Mundo de 1958. E por conta desta final, vencida pelo Brasil por 5 x 2, e que marcou o primeiro dos cinco títulos mundiais do futebol brasileiro, a nossa seleção jogará o primeiro tempo com uma camisa idêntica à usada em 1958, em homenagem a todos os campeões. Estarão presentes no estádio alguns dos jogadores que participaram daquela final: Pelé, Mazzola, Zito e Pepe.
A camisa é linda, muito mais bonita do que as camisas que a Nike costuma fazer, que são horrorosas. É uma pena que já no segundo tempo, os jogadores voltem a usar a camisa atual. E uma pena também que a CBF não adote o modelo de 1958, bastava trocar o escudo pelo atual, com as cinco estrelas.  fr

Livros transformam o mundo, livros transformam pessoas

De 9 a 19 deste mês, está sendo realizada em São Paulo a 22ª Bienal Internacional do Livro, reunindo editoras, livrarias e distribuidoras de todo o país. Em um espaço de 60 mil metros quadrados, localizado no pavilhão de Exposições do Anhambi, a Bienal conta com cerca de 480 expositores, e deve receber 800 mil visitantes, que poderão, inclusive, ter contato com alguns autores durante o evento. O tema desta Bienal é "Livros transformam o mundo, livros transformam pessoas". Uma pena não ser anual, e não ser realizada no Rio de Janeiro e em São Paulo todos os anos. Vou esperar 2013. fr

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Itália põe à venda parte de sua História

O Globo
Que situação! Para diminuir a sua dívida pública, o governo da Itália resolveu vender 350 imóveis históricos. De duas, uma: ou esses 350 imóveis têm enorme relevância para a história do país e, portanto, governo nenhum teria o direito de se desfazer de um patrimônio que não lhe pertence e sim ao povo italiano; ou esses 350 imóveis não são tão importantes assim e podem, sim, serem vendidos, então, a pergunta que deve ser feita é: por que têm sido mantidos há décadas, séculos, às custas do povo italiano? De uma maneira ou outra, é lamentável que a história de um país seja vendida à iniciativa privada para tentar equilibrar as finanças públicas. Lamentável! fr 

Sediar uma Olimpíada deve resultar em benefícios para toda a cidade


A grande oportunidade de sediar uma Olimpíada é poder diminuir a distância que separa os bairros mais abastados dos bairros do subúrbio. Barcelona soube fazer isto muito bem. Até agora, não há boas perspectivas que isto ocorra no Rio de Janeiro. Excetuando Maracanã e Deodoro, nada mais está previsto para os bairros da Zona Norte e os bairros mais pobres da Zona Oeste. O que se vislumbra é que todos os cidadãos pagarão para que os bairros já mais desenvolvidos, como os da Zona Sul e Barra da Tijuca, na Zona Oeste, recebam mais investimentos. Ou seja, o fosso que os separam parece que vai aumentar ainda mais. E assim como vimos no Pan-Americano de 2007, o tão prometido "legado" não se tornará uma realidade. Um desenvolvimento mais equilibrado e justo de todos os bairros cariocas traria benefícios para toda a cidade, pois quanto mais desigualdades existirem, pior para todo mundo. fr

domingo, 12 de agosto de 2012

Rio de Janeiro é apresentada como próxima cidade-sede das Olimpíadas

Não assisti ao encerramento dos Jogos Olímpicos, hoje. Nem tinha assistido à abertura. É tudo muito longo, demora muito e acaba ficando pouco interessante, assisti depois aos 'melhores momentos'. Com certeza, é preciso reconhecer que os britânicos souberam divulgar para o mundo todo a sua cultura, e estão cobertos de razão em fazê-lo. No final da festa de encerramento, por cerca de dez minutos, houve a tradicional apresentação da próxima cidade-sede das Olimpíadas. O tempo era curto, claro, mas os diretores (brasileiros) responsáveis por esta parte da festa não fugiram do lugar comum: samba, índios, capoeira, mulher bonita e Pelé. Bom, em 2016, no Rio de Janeiro, espero que não tenham a ideia de jerico de contratar artistas estrangeiros para vir para cá, e que mostrem muito mais da cultura brasileira. Uma coisa boa mostrada hoje foi um pouquinho das Bachianas nº 5, de Villa-Lobos. Mas tem muito mais para mostrar. E, principalmente, que não superfaturem os gastos com as festas de abertura e encerramento no Rio. Paul McCartney e outros artistas, por exemplo, cobraram um caché simbólico de 1 libra para se apresentarem nos Jogos de Londres. Será que no Rio, os nossos artistas farão o mesmo?  fr  
A presença do gari (bem que o prefeito do Rio poderia pagar melhor os garis!) Renato Sorriso
e, merecidamente, de Pelé (reprodução da TV)

Brasil tem potencial para melhores desempenhos

O Brasil terminou os Jogos Olímpicos de Londres conquistando o maior número de medalhas em todas as suas participações: 3 de ouro, 5 de prata e 9 de bronze, um total de 17 medalhas. Superamos as nossas melhores participações até então, em Atlanta-1996 e Pequim-2008, quando ganhamos 15 medalhas. Melhoramos, mas considerando o enorme potencial esportivo do Brasil, esses números ainda estão muito distantes do que o Brasil tem condições de fazer.

A gente percebe isso, por exemplo, quando vê países como Cazaquistão, Ucrânia, Cuba, Nova Zelândia, Irã, Jamaica, República Tcheca e Coréia do Norte à frente do Brasil.

A classificação final dos países levou em consideração o total de medalhas de ouro, e, em seguida, as de prata e de bronze; em geral, o critério mais adotado pela mídia no Brasil.

Os Estados Unidos terminaram na liderança, com um total de 104 medalhas, seguidos pela China e pela Grã Bretanha (ainda assim, porque uniram os diferentes países que a compõem). A Rússia sabe bem o que é isso, porque sem contar com as antigas repúblicas soviéticas, ficou apenas em 4º lugar.

Cuba, país que a partir da revolução, passou a investir maciçamente na prática esportiva, e conseguiu ótimos resultados nos Jogos Olímpicos, desde Sydnei-2000 vê o seu total de medalhas cair: 2000 (29), 2004 (27), 2008 (24) e 2012 (14). Ainda assim, tem conseguido estar em boas classificações, principalmente considerando ser um país pequeno, com pouca população e sofrer um bloqueio econômico por parte da única super-potência mundial, os Estados Unidos, desde 1962.

Países que possuem grandes populações não conseguiram um bom desempenho: Canadá (apenas 18 medalhas); México (apenas 7); Índia (apenas 6); Indonésia (apenas 2); Paquistão (nenhuma medalha). Canadá tem o agravante de ser uma das maiores economias e rendas per capita do mundo.  fr


Brasil sofre apagão, e Rússia vence de virada

Brasil vencia a Rússia por 2 x 0, sofreu um apagão e perdeu a oportunidade de conquistar a sua 3ª medalha de ouro no vôlei masculino. A partir do 3º set, de vez em quando eu saia até de perto da TV de tanto nervosismo. Parciais:  19/25, 20/25, 29/27, 25/22 e 15/9. Foi uma virada histórica para os russos. Mas a equipe de vôlei tem muito crédito, o treinador Bernardinho vem vencendo há anos, dá para ficar chateado, mas não para criticar. Mais títulos virão, afinal, o Brasil é o país do voleibol. fr    (Foto: Daniel Castellano - Gazeta do Povo)

Feliz dia dos pais!

sábado, 11 de agosto de 2012

Brasil vence EUA e é bicampeão olímpico!

Foto: Marcelo del Pozo - Reuters
Brasil vence os EUA mais uma vez, e é bicampeão olímpico no vôlei feminino, repetindo a final de Pequim-2008. Parciais: 10/25, 25/16, 25/20, 25/17. O primeiro set a seleção estadunidense venceu com facilidade, com uma diferença de 15 pontos, o que me desanimou. Pensei que iria acontecer conosco o mesmo que ocorreu com os italianos, ontem, no masculino, uma derrota esmagadora. Mas nos sets seguintes, as jogadoras brasileiras não apenas se recuperaram, como fizeram uma partida fantástica, demonstrando enorme superioridade frente aos EUA. No feminino, a disputa e a técnica não se comparam ao masculino, mas é sempre muito bom ver o Brasil jogar bem e vencer com tanta superioridade como hoje. O treinador José Roberto Guimarães passa a ser o único brasileiro a ganhar 3 medalhas de ouro (treinando a seleção masculina em Barcelona-1992 e a seleção feminina em Pequim-2008 e agora Londres-2012). Brasil é bi! É medalha de ouro! fr

México vence, e Brasil fica com a medalha de prata

Com uma falha da defesa, o Brasil levou um gol logo aos 28 segundos do primeiro tempo, teve toda a partida para se recuperar e virar, mas não deu. O México mereceu a vitória e conquistou a medalha de ouro no futebol masculino: 2 x 1. Pelo menos a medalha ficou na América Latina. Gols de Oribe Peralta (2) e Hulk, para o Brasil, mas apenas aos 46 minutos do 2º tempo. O Brasil ganha mais uma medalha de prata, que deve ser vista também com orgulho pelos brasileiros.
É compreensível que a medalha de prata não seja tão bem recebida, por exemplo, como a de bronze. A prata vem com uma derrota, o bronze com uma vitória. Mas não se pode menosprezar essa medalha. O verdadeiro campeão, seja no esporte, seja na vida, é aquele que sabe se comportar com dignidade seja na vitória, seja na derrota.
Agora é hora de aproveitar a experiência adquirida por esses jogadores que participaram desta Olimpíada, e preparar uma seleção forte para a Copa das Confederações no ano que vem e para a Copa do Mundo de 2014, ambas a serem disputadas no Brasil. E a medalha de ouro no futebol fica para as Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016. A festa será muita maior! fr
Informações técnicas a seguir, retiradas da página do Terra:
Local: Estádio de Wembley, em Londres  
Brasil: Gabriel; Rafael (Lucas), Thiago Silva, Juan e Marcelo; Sandro (Alexandre Pato), Rômulo e Oscar; Neymar, Leandro Damião e Alex Sandro (Hulk).
Técnico: Mano Menezes.
México: Jose Corona; Jiménez (Vidrio), Mier, Rayes e Chávez; Salcido, Enríquez, Herreira, Fabián e Aquino (Miguel Ponce); Peralta (Jimenez).
Técnico: Luis Fernando Tena.
Gols: Oribe Peralta, aos 28seg. do 1º tempo e aos 30min. do 2º tempo. Hulk, aos 46min. do 2º tempo.
Árbitro: Mark Clattenburg (Grã-Bretanha)
Cartões Amarelos: Brasil (Marcelo e Leandro Damião) México (Reyes, Jiménez e Vidrio).

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Brasil vence Itália e vai disputar medalha de ouro com a Rússia

Brasil vence Itália por 3 x 0 e vai à terceira final olímpica consecutiva, em busca de mais uma medalha de ouro para o vôlei masculino. Eu estava preparado para uma partida difícil e muito nervosa, mas, para minha surpresa, foi uma vitória relativamente fácil. O Brasil dominou a partida e foi muito superior à Itália, principalmente no segundo set, quando ocorreu o lance mais emocionante de toda a partida. Murilo foi buscar uma bola junto à placa de propaganda, depois, na sequência, foi a vez de Serginho ir buscar do lado dos italianos, mas por fora, em outro lance. A disputa terminou com o bloqueio de Sidão, fazendo o 20º ponto brasileiro, e levantando a torcida no ginásio Earls Court, em Londres. O terceiro set foi o mais disputado, inclusive com discussão entre os jogadores das duas seleções. Parciais: 25 x 21, 25 x 12 e 25 x 21. A final será no próximo domingo, com a seleção russa, que derrotou hoje a Bulgária por 3 x 1.
Além dos títulos olímpicos (Barcelona-1992 e Atenas-2004), a seleção brasileira masculina de vôlei já foi campeã mundial em 2002, 2006 e 2010 (atual tricampeã mundial); campeã da Liga Mundial em 1993, 2001, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009 e 2010 (país com mais títulos da Liga); campeã pan-americana em 1963, 1983, 2007 e 2011 (atual bicampeã pan-americana) e 28 vezes campeã sul-americana (das 29 edições disputadas).   fr

Moeda de 10 centavos vendida por quase 2 milhões de dólares

É a prova de que, às vezes, guardar algo durante muito tempo pode render
muito dinheiro, mesmo que seja para os seus descendentes.
Fonte: G1

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Moeda de 31 quilos é exibida em plena crise na Europa

Foto: Gero Breloer/AP
Hoje, diversas páginas de notícias na internet divulgaram a moeda de 31 quilos, exibida na Alemanha. Apelidada de "Big Phil", a moeda tem o valor simbólico de 100 mil euros (R$ 248 mil), mas a quantidade de ouro contida nela está avaliada em R$ 3,23 milhões. O que eu não li em nenhum lugar é para que fizeram essa moeda! A Europa não está em crise!? Para que essa demonstração de opulência, se há tanto desemprego e pobreza nos países europeus atualmente? Que besteira!  fr   

Mesmo com exclusividade das Olimpíadas, Record continua perdendo para a Globo

Será que também vai acabar em pizza?

Advogados caríssimos empenhados em convencer a todos que
os seus clientes são inocentes. Será que alguém vai ser
condenado nesse processo de Mensalão?

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Tangamandápio existe!

A estátua de Jaiminho é feita em bronze, e fica na rua Madero, uma das principais da cidade de Tangamandápio

Quem curte “Chaves”, exibido pelo SBT há décadas, lembra bem do personagem Jaiminho, um carteiro que fazia tudo para “evitar a fadiga”, e dizia sempre ser de Tangamandápio. No dia 26 de julho, uma estátua do Jaiminho foi inaugurada na cidade de Tangamandápio, que eu e, tenho certeza, a maioria das pessoas, não imaginava nem sequer existir. A cidade existe, seu nome é Santiago Tangamandapio, e é um pequeno município no estado de Michoacán, no México. O prefeito da cidade, Juan Campos González, justificou a estátua: “Graças ao personagem, a cidade foi conhecida no mundo todo”. É verdade! Com certeza, vários países pelo mundo estão noticiando a inauguração dessa estátua, e, consequentemente, divulgando o nome da cidade. Provavelmente, muitos admiradores em uma viagem ao México, poderão até resolver incluir a cidade natal do Jaiminho para conhecer a estátua (rsrs). O ator que interpretou Jaiminho por 15 anos, Raul Padilla, na verdade, nasceu na cidade de Monterrey, e faleceu em 1994. fr


Em cena, Raul Padilla (Jaiminho), Roberto Gómez Bolaños (Chaves) e dona Clotilde,
ou "a bruxa do 71" (Angeline Fernández)

Falsa desembargadora é condenada por estelionato

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Senado quer exigência de diploma para jornalistas

Fonte: o globo

Não dá para aguentar um monte de "celebridades" com microfone
na mão, na TV, fazendo pseudo reportagens.

Medalha também no vôlei de praia

O Brasil já garantiu mais uma medalha nos Jogos Olímpicos de Londres. No vôlei de praia, a dupla Alison e Emanuel derrotou Plavins e Smedins, da Letônia, por 2 sets a 0 (21-15 e 22-20), e vai buscar a medalha de ouro.

Brasil na final olímpica de futebol

O Brasil venceu a Coreia do Sul por 3 x 0 e está na final dos Jogos Olímpicos de Londres, que será realizada no próximo sábado, com o México, em uma final latino-americana. É a terceira final olímpica do futebol brasileiro, as anteriores foram em Los Angeles-1984 e Seul-1988. E o Brasil tem a possibilidade de conquistar o único título internacional que nos falta. Os gols foram marcados por Romulo, e dois por Leandro Damião. Esta é a quinta vitória consecutiva do Brasil, que vem marcando três gols por partida, o melhor ataque das Olimpíadas, e Leandro Damião é o artilheiro da competição. Na pior das hipóteses, é a garantia de uma medalha de prata a mais para o Brasil. Mas vamos torcer, claro, pelo título.  fr

Vitória emocionante das meninas no vôlei

A seleção brasileira de vôlei feminino conseguiu hoje uma vitória sensacional contra a Rússia, atual campeã mundial, e passou às semifinais das Olimpíadas. Após estarem perdendo por 2 a 1, as meninas conseguiram virar, e no set decisivo evitaram que as russas fechassem a partida seis vezes. Parciais: 24/26, 25/22, 19/25, 25/22 e 21/19. No sábado, tinha sido o vôlei masculino a vencer de virada a Sérvia. Haja emoção! E um erro da arbitragem quando o Brasil vencia por 11 a 9 quase provocou uma injusta derrota. O ataque brasileiro colocou a bola dentro da quadra russa, mas o árbitro de linha e o árbitro principal assinalaram bola fora. Apesar da forte reclamação do treinador José Roberto Guimarães, das jogadoras brasileiras, e da torcida presente no estádio, em grande parte do Brasil, o ponto foi dado à Rússia. Esse erro quase desestabilizou as meninas brasileiras. A Rússia venceu o Brasil nas finais dos Mundiais de 2006 e 2010, e nos eliminou nas semifinais de Atenas-2004. Desta vez, foi o Brasil que venceu, e as russas estão fora dos Jogos Olímpicos de Londres. Agora, o Brasil segue em busca do bicampeonato olímpico!  fr

Foto: Kirill Kudryavtsev/AFP