SEJA ÉTICO

SEJA ÉTICO: Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução do conteúdo deste blog com a devida citação de sua fonte.

sábado, 24 de maio de 2014

O Espetacular Homem-Aranha 2 & Godzilla


Assisti aos filmes "O Espetacular Homem-Aranha 2 - A Ameaça de Electro" e "Godzilla", que estão ocupando praticamente todas as salas de cinema do país. O novo filme do Homem-Aranha é o segundo com Andrew Garfield no duplo papel de Peter Parker e do herói, que tem o seu lado irônico e brincalhão mais destacado, uma marca dos quadrinhos clássicos. A namorada de colégio, Gwen Stacy (Emma Stone), morre durante o combate do Homem-Aranha com Electro, como todos que acompanham o Aranha sabem. No final do filme, já dão um gancho para o terceiro da série, em que os vilões devem ser Rino, Dr. Octopus e talvez o Duende Verde, na pele do amigo de infância de Parker, Harry Osborn (Dane DeHaan). Além de outros que devem se unir para derrotar o aracnídeo. E, claro, Mary Jane deve voltar a aparecer como a namorada de Peter Parker. Stan Lee, um dos criadores do Homem-Aranha, junto com Steve Ditko, faz uma ponta no filme, como costuma acontecer em todos os filmes dos seus personagens da Marvel.

Os vilões Electro e Rino estão bem diferentes dos quadrinhos clássicos. No filme, Electro é negro, interpretado pelo ator Jamie Foxx, e Rino pilota uma armadura feita à semelhança de um rinoceronte, ao contrário das HQs, em que a roupa do imigrante russo  Aleksei se funde ao seu corpo, em uma experiência científica que lhe dá os seus poderes. O vilão que eu gostaria de ver em um filme do Homem-Aranha é o Camaleão, que pode se transformar em qualquer pessoa com quem tem contato; daria boas situações no confronto com o Aranha. Eu ainda espero um grande filme para esse que é o meu super-herói preferido, mas este, assim como os anteriores, dá para assistir e se divertir. "Godzilla" é longo, assim como o "O Espetacular Homem-Aranha 2", e conta a estória já conhecida de monstros que surgem no Japão e, claro, vão dar as caras na costa Oeste dos Estados Unidos. Os efeitos especiais são ótimos, mas não empolga muito.  fr

Um comentário:

junior lotexv disse...

Eles fogem as vezes dos quadrinhos q liamos quando criança gostei do filme mais os vilões podiam ser mais parecidos com os dos quadrinhos.