SEJA ÉTICO

SEJA ÉTICO: Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução do conteúdo deste blog com a devida citação de sua fonte.

domingo, 26 de junho de 2016

Botafogo vence Internacional em Porto Alegre: 2x3

Praça Mário Lago

A Praça Mário Lago fica em uma área muito bem localizada do Centro do Rio de Janeiro. De um lado está a Avenida Rio Branco, e, seguindo pela Rua São José, que a margeia, do outro está a Rua Primeiro de Março e a Praça 15. O nome é uma homenagem ao ator de rádio, televisão e cinema; compositor; poeta e membro do Partido Comunista, cujo engajamento político o fez ser preso e discriminado durante o Estado Novo e a ditadura militar pós-1964. A praça tinha o nome do estadunidense Melvin Jones, fundador do Lions Clubs International, até a mudança de nome, em 2009. Como mostra a última das fotos abaixo, possivelmente de 1974, segundo informações da internet, a praça já teve um lago e uma passagem superior para as pessoas. Alguns dos sobrados da época ainda permanecem no local. A área arborizada está abandonada, dominada por camelôs, que a usam para guardar as suas mercadorias. Uma pena! A Praça Mário Lago, a exemplo de tantas outras na cidade, deveria estar mais bem cuidada, e disponível para as pessoas poderem usufruir do espaço verde que tem. Do jeito que está, é apenas uma passagem, por onde as pessoas passam apressadas, tomada por barracas de camelôs, e sem a segurança necessária para que as pessoas possam sentar-se em um banco e descansar, ler ou conversar, como deveria ser. Lamentável! fr

sábado, 25 de junho de 2016

Portugal passa às quartas de final com mais um empate no tempo normal

Portugal e Croácia fizeram hoje, pelas oitavas de final da Eurocopa, na França, um jogo muito duro... de se assistir. Um jogo ruim demais! No tempo normal, terminou em empate de 0x0. Para se ter uma ideia, nem portugueses, nem croatas, foram capazes de acertar o gol em 90 minutos. Os goleiros das duas seleções não fizeram sequer uma defesa. Foram apenas raras jogadas de perigo ao gol de parte a parte. Um jogo chato, desinteressante, com muitas faltas, principalmente feitas pela seleção de Portugal. Três delas deveriam ter sido punidas com cartão amarelo, Cristiano Ronaldo, por exemplo, que pisou no pé de um adversário, fazendo falta feia. O árbitro, péssimo, foi conivente com o antijogo, e só deu um cartão amarelo, para o português William Carvalho. Mas o que esperar do espanhol Carlos Velasco Carballo, o mesmo que sequer deu cartão amarelo ao colombiano Zúñiga quando este acertou uma joelhada covarde por trás em Neymar pela Copa do Mundo de 2014, e o tirou da competição?
Na prorrogação, o primeiro tempo foi igualmente chato. No segundo, os dez minutos finais foram emocionantes, devem ter acordado muita gente. Aos 10, um cruzamento da esquerda passou por toda a área portuguesa sem encontrar nenhum croata que finalizasse. Logo em seguida, o croata Perisic conseguiu o que nenhum jogador tinha até então conseguido: acertar o gol. Em cruzamento da direita, ele cabeceou para a defesa salvadora do goleiro português. Na sequência, Cristiano Ronaldo roubou a bola na intermediária, passou a Renato Sanches, que puxou o contra-ataque veloz. Ele deu a Nani, que, da esquerda, com um passe perfeito, encontrou Cristiano dentro da pequena área. O marrento português chutou de frente para o goleiro, que conseguiu fazer uma difícil defesa, mas Quaresma, que entrou aos 41 minutos do 2º tempo normal de jogo, aproveitou o rebote e fez o gol que garantiu Portugal na próxima fase. Ufa! Em poucos minutos, algumas jogadas de emoção que nos 110 minutos anteriores o jogo não teve.
Não foi um bom jogo, nenhuma das seleções fez por merecer uma classificação, mas a Croácia esteve menos ruim, pagando por não fazer o gol nas duas oportunidades que teve antes do gol português. Portugal, que vem avançando sem nenhuma vitória no tempo normal nesta Eurocopa, com este quarto empate consecutivo, vai enfrentar a Polônia na próxima quinta-feira pelas quartas de final. Os poloneses empataram com os suíços em 1x1, e venceram na disputa na marca dos pênaltis por 5x4. Portugal não pode reclamar da chave que pegou após a primeira fase. Na outra chave estão as seleções mais tradicionais: Alemanha, Itália, Espanha, Inglaterra e a anfitriã França. fr

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Transporte público eficiente e rápido é vital para qualquer país

Em países desenvolvidos, o carro é para passear.
Para ir para o trabalho as pessoas usam o transporte público, rápido e eficiente.
No Brasil, o transporte público é caro, sujo e não funciona direito. E o trânsito vive congestionado. As pessoas perdem horas do seu dia no deslocamento. Falta de planejamento!
fr

quinta-feira, 23 de junho de 2016

A internet é para ser bem usada, sem exageros

Quando surgiu, diziam que a internet ia fazer com que as pessoas se relacionassem com mais gente, e tal... mas o que se vê são um bando de zumbis com a cara enfiada nos seus celulares, andando nas ruas, dentro dos restaurantes, em todo lugar, sem nem olhar para quem está do lado! Isso que é não saber fazer uso das inovações tecnológicas. PUTZ! fr

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Portugal empata com Hungria em jogo de 6 gols e muita emoção

Assisti hoje o empate entre Portugal e Hungria, pelo grupo F da Eurocopa, na França, e torci muito pelos portugueses, claro. Um ótimo jogo, de seis gols, foi até agora o único que assisti da Euro. Portugal começou melhor, mas não soube converter o domínio em gols. A Hungria abriu o marcador, aos 18 minutos do primeiro tempo, com um belo chute de Gera, da intermediária. Portugal empatou aos 41, com Nani. O segundo tempo foi melhor, mais corrido, com quatro gols em apenas 15 minutos. Dzsudzsák desempatou logo no primeiro minuto. Cristiano Ronaldo empatou aos quatro, com um golaço de letra. Os húngaros desempataram mais uma vez, aos 10 minutos, com Dzsudzsák de novo; e aos 16 minutos, Cristiano empatou de cabeça. A Hungria já estava classificada, mas não jogou atrás, em busca do empate. E Portugal precisava apenas do empate e também jogou buscando a vitória.

Um ótimo jogo, o primeiro que eu assisti em que Cristiano Ronaldo jogou bem pela seleção portuguesa. E tornou-se, hoje, o jogador com mais jogos disputados na Eurocopa, e o único a fazer gols em quatro edições consecutivas. Portugal se classificou para a próxima fase da Eurocopa como um dos melhores terceiros lugares, sem ter conseguido uma única vitória, em um grupo que tinha, além da própria Hungria (3x3), Áustria (0x0) e Islândia (1x1). Muito pouco para uma seleção que tem um dos melhores jogadores do mundo, segundo a votação da FIFA. Aliás, Cristiano Ronaldo, além de ter feito dois gols, um deles um golaço, deu o passe para o primeiro de Portugal, e teve outras oportunidades. O grande problema dele é a falta de humildade, várias vezes a televisão mostrava ele esbravejando, reclamando de um companheiro, ou por ele não ter lhe passado a bola, ou pelos dois últimos gols da Hungria, em que a bola bateu em jogadores portugueses e enganado o goleiro, como se eles pudessem ter tido culpa por isso. Até como capitão que é, ele não deveria reclamar dessa forma tão ostensiva em campo, afinal, todos podem errar, inclusive ele, que em outros jogos já perdeu pênaltis e não esteve bem, isso acontece com todos.

E mais cedo, hoje, ao sair para um passeio, cercado de seguranças, ele retirou o microfone das mãos de um repórter e o atirou em um lago. A pergunta tinha sido até muito simples: "Ronaldo, preparado para este jogo, hoje?" Nada demais! Mas ele demonstrou um descontrole inadmissível para alguém que é conhecido mundialmente, e, portanto, tem que estar preparado para lidar com as situações de assédio por parte da imprensa. Não quer falar, apenas diga que não é o momento, ou fique calado. Não é necessário ser estúpido com quem está apenas fazendo o seu trabalho. Imaginem se o Pelé fosse fazer o mesmo toda a vez que um repórter o incomoda, sendo ele abordado em qualquer canto por onde passa no planeta, mesmo décadas depois de ter parado de jogar...

Hoje, neste jogo, eu vi algumas coisas que eu nunca tinha visto na vida. Aos 25 minutos do segundo tempo, o treinador de Portugal, Fernando Santos, escreveu um bilhete (um bilhete mesmo, de papel!) e mandou para Cristiano Ronaldo através de um outro jogador. Provavelmente, instruções de jogo. Nunca tinha visto isso! rsrs Normalmente, o treinador passaria suas instruções pelo próprio companheiro de Cristiano. Depois, já nos acréscimos, acho que aos 47 minutos do segundo tempo, os húngaros ficaram trocando passes curtos, aguardando o fim do jogo, sendo que dois deles trocaram uns dez passes curtos seguidos, na lateral do campo, sem que os portugueses lhes apertassem. Muito feio, um desrespeito a quem estava no estádio, e a quem estava assistindo pela TV. Não chegou a estragar o jogo, que foi muito bom, com as duas seleções jogando o tempo todo para frente, mas nunca tinha visto uma cena dessas, tão escancaradamente explícita de quem já não queria mais nada com o jogo. E, por fim, após o fim do jogo, a TV mostrou os jogadores húngaros se abraçando, comemorando, e depois indo para a frente de sua torcida, colocando a mão no peito, aparentemente cantando o hino nacional. Um gesto, este sim, muito bonito, comemorando a classificação com os seus torcedores. Agora, a Hungria vai pegar a Bélgica, e Portugal, no próximo sábado, a Croácia. Se der para assistir a este jogo, vou continuar a torcer para que Portugal vença e seja campeão, e que Cristiano Ronaldo aprenda a se comportar como um verdadeiro líder, dentro e fora de campo, com o equilíbrio emocional que se espera dele. fr

terça-feira, 21 de junho de 2016

O Orkut era melhor do que o Facebook

Não é por nada não, mas gostava mais do Orkut, desativado em 2014, do que do Facebook... Lá tinha várias comunidades muito legais, onde a gente tomava conhecimento de um monte de coisas, e conhecia gente interessante. Saudades... rsrs fr

segunda-feira, 20 de junho de 2016

México sofre goleada histórica: 7x0 para o Chile

O México foi atropelado ontem pela Copa América do Centenário, nos Estados Unidos, perdendo por 7x0 para a seleção do Chile. Os mexicanos passaram pela mesma situação que nós, brasileiros, no ano passado, mas sem conseguir fazer o seu gol de "honra". É bem verdade que o Brasil sediava uma Copa do Mundo, mas, seja como for, perdeu para uma seleção muito mais tradicional do que a chilena, que foi a da Alemanha. E os mexicanos estão presentes em enorme número no seu vizinho, quase que em casa. A imprensa mexicana, como não podia ser, criticou a derrota acachapante, a exemplo do Récord, que estampou na capa a manchete "Tridículo" (abaixo), uma referência ao nome pelo qual a seleção é conhecida "El Tri" (por conta da bandeira tricolor, na vertical, com o símbolo ao centro). É uma prova que aqueles que riem e ironizam hoje, amanhã podem ser as vítimas. fr

domingo, 19 de junho de 2016

Rio mergulhado em obras de muitos problemas

No Rio de Janeiro, a cidade está mergulhada há anos em obras.
Ciclovia cai. Obras demoram mais do que o necessário.
A Praça da Bandeira, que não ia encher nunca mais, já encheu.
Buracos aparecem em obras recém inauguradas.
Uma vergonha pra todo lado!
E uns poucos ficando ricos às custas da gente! fr

sábado, 18 de junho de 2016

Intervenção e auditoria nas contas públicas do Rio de Janeiro já!

O estado do Rio de Janeiro vem sofrendo com péssimas administrações, e o resultado é este pelo qual passamos, um estado que não honra os seus compromissos, não paga sequer aos seus funcionários em dia, e sucateia ainda mais os órgãos públicos. Uma vergonha! Ontem, o governador em exercício, Francisco Dornelles, decretou Estado de Calamidade no âmbito da Administração Pública, segundo ele para que "medidas duras" sejam tomadas. A verdade é que é inaceitável que o segundo estado da federação em força econômica, com o segundo maior PIB do país, atrás somente de São Paulo, tenha chegado a essa situação de penúria. Denúncias na Operação Lava Jato envolvem o governador anterior, Sérgio Cabral Filho (PMDB), de receber propinas e de má gestão pública. O seu sucessor, Luiz Fernando Pezão, está afastado por problemas de saúde. E o governador Francisco Dornelles também teve o seu nome citado em denúncias da Lava Jato.  A grande "medida dura" que o estado do Rio de Janeiro precisa é de uma INTERVENÇÃO urgente para apurar tudo o de errado praticado pela administração atual e as anteriores, e uma auditoria nas contas públicas. Não é possível que um estado com a força econômica do Rio de Janeiro chegue ao ponto que chegou, e a perda de receitas de ICMS e dos royalties do petróleo não podem servir de desculpa. Infelizmente, é pouco provável que uma intervenção e uma auditoria ocorram, mas é o que deveria ser feito, em nome do povo honesto desse estado! fr

Rio de Janeiro decreta Estado de Calamidade Pública na Administração Financeira

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Morre Rubén Aguirre, o eterno Professor Girafales

Faleceu hoje o ator mexicano Rubén Aguirre, que eternizou o Professor Girafales do programa Chaves. Ele estava doente, sofria de problemas renais e diabetes, e passara 11 dias internado em um hospital para tratar de uma pneumonia, que, segundo a filha, foi a causa da morte. Morreu em sua terra natal, aos 82 anos, completados na quarta-feira passada. É o quarto dos principais nomes do elenco de Chaves a morrer, após Ramón Valdés (Seu Madruga), em 1988; Angelines Fernández (dona Clotilde, a 'Bruxa do 71'), em 1994; e Roberto Bolaños (o Chaves), em 2014. Abaixo, o trecho de um dos programas, em que contracena com Roberto Bolaños (Chaves), Carlos Villagrán (Quico) e Ramón Valdés (Seu Madruga). Descanse em paz! fr

video

quinta-feira, 16 de junho de 2016

A corrupção é um crime contra o futuro do país

O dinheiro que as investigações da Operação Lava Jato estão devolvendo aos cofres públicos, roubado pelos ratos corruptos dos nossos políticos, é uma pequena parte do bolo. Se devolvessem mesmo tudo o que roubaram, poderíamos ter um país com Saúde, Educação, Segurança e Transporte públicos de qualidade, com certeza! Fico pensando se o Brasil não deveria copiar a China na punição aos que cometem crimes de corrupção... estão roubando o futuro de milhões e milhões de brasileiros! fr

terça-feira, 14 de junho de 2016

Pior que tá pode ficar!

A Dilma não presta!
Entrou o Temer, e não melhorou nada, é a mesma sujeira!
As pessoas reclamam e depois votam em branco ou anulam o voto, acham que estão fazendo um grande "protesto"! (Putz!)
Do que jeito que tá, pior fica!  fr

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Brasil é desclassificado da Copa América com gol de mão de peruano

Mais uma derrota do futebol brasileiro. Perdemos, ontem, por 1x0 para a fraca seleção do Peru. É bem verdade que o gol de Ruidíaz, aos 29 minutos do segundo tempo, foi escandalosamente com a mão, mas o Brasil não foi capaz de se impor e vencer o adversário. O árbitro uruguaio ficou uns cinco minutos conversando com um dos auxiliares e pelo microfone, sabe-se lá com quem, e mesmo assim não anulou o gol peruano, um erro grosseiro, vergonhoso! Aos 43 minutos do primeiro tempo, Flores foi derrubado por Renato Augusto dentro da área, mas o árbitro não marcou pênalti. Claro, pênalti marcado não é certeza de gol, mas... Apesar de não ter jogado o que se espera de uma seleção brasileira, e mesmo com o pênalti não marcado para o Peru, o Brasil ainda foi melhor, construiu mais oportunidades. O Peru não mereceu a vitória, e ainda a conseguiu de forma desonesta. E o jogador Ruidíaz, que fez o gol de mão, apareceu hoje fazendo uma propaganda para a Adidas debochando do Brasil, fazendo o gesto de choro, coisa de quem não está acostumado a vencer de forma digna. O Brasil precisava apenas de um empate para passar à segunda fase, mas deixou escapar a classificação. Em três jogos, fez gols apenas no Haiti, e ainda levou um daquela fraquíssima seleção. Agora, a imprensa está cobrando a saída do Dunga. Em minha opinião, se for para ele sair, que entre um treinador capacitado, o Tite, por exemplo. Mas quem deveria sair mesmo era a direção da CBF, toda! E fazer uma renovação de cima para baixo, não apenas trocar de treinador. Mas, claro, duvido que isto aconteça. Em agosto temos a Olimpíada, única competição oficial de futebol que o Brasil ainda não conquistou, e será no Rio de Janeiro. Espero mais qualidade, mais vontade e mais determinação, o título, assim, seria consequência. fr

Local: Gillette Stadium, em Foxborough (EUA)
Árbitro: Andrés Cunha (URU)
Assistentes: Nicolás Tarán (URU) e Richard Trinidad (URU)
BRASIL: Alisson; Dani Alves, Gil, Miranda e Filipe Luís; Elias, Renato Augusto, William, Lucas Lima e Philippe Coutinho; Gabriel (Hulk). Treinador: Dunga.
Peru: Gallese; Corzo, Ramos, Rodríguez e Trauco; Vílchez, Balbín (Yotún), Polo e Flores (Ruidíaz); Cueva (Tapia) e Paolo Guerrero. Treinador: Ricardo Gareca.

 

domingo, 12 de junho de 2016

Estátua do Marechal Osório

O primeiro monumento público da República na cidade do Rio de Janeiro fica localizado na Praça 15, de frente para a Baía da Guanabara, e homenageia o marechal Manuel Luis Osório (10/5/1808 – 04/10/1879). Inaugurada no local em 1894, no governo do presidente Floriano Peixoto, a estátua do marechal Osório tem oito metros de altura, 5,7 toneladas, e é de autoria do escultor mexicano Rodolfo Bernardelli, radicado à época no Brasil. O jornal “O Paiz” noticiou no dia da inauguração, 12 de novembro:

“A Praça Quinze de Novembro acha-se singelamente preparada para a inauguração da estátua. Em frente ao hotel de França esta disposta a arquibancada, quase que a céu aberto, pois cobre-a somente um toldo de faixas soltas – brancas, verdes e amarelas (...) a estátua acha-se velada com colchas das cores nacionais, que cairão a 1 hora da tarde, ao troar da artilharia, deixando patente à multidão o vulto do mais arrojado, do mais valente general dos que tem visto o fumo das batalhas na América do sul.”

Fundida com o bronze de canhões tomados na Guerra do Paraguai, da qual o militar, à época general, participou e voltou como um dos heróis, a estátua tinha a seu redor 20 balas de canhão e uma grade, que foram roubadas, junto com uma espada. Nas duas laterais estão relevos em bronze retratando passagens da Guerra do Paraguai, a Batalha de Tuiuti, considerado o maior feito militar de Osório, e o ataque ao Passo da Pátria. Uma curiosidade: Osório foi barão, visconde e marquês do Herval. Os seus restos mortais chegaram a ficar localizados sob a estátua, mas em dezembro de 1893 foram transladados para o jazigo localizado no Parque Histórico Marechal Manuel Luis Osório, em Tramandaí (RS), sua terra natal. A estátua do Marechal Osório fica a poucos metros da estátua de D. João VI, também na Praça 15. fr


sábado, 11 de junho de 2016

Objetos históricos de Pelé são leiloados e deixam o Brasil

Objetos pessoais de Pelé foram, de fato, leiloados. Foram dois mil itens, colocados à venda pela casa Julien's, em Londres, nos dias 7 a 9 deste mês. Tudo foi vendido, e a quantia arrecadada foi de US$ 5 milhões (mais de R$ 17 milhões), sendo a de maior valor a cópia da Taça Jules Rimes, vendida por US$ 570 mil. Pelé divulgou que parte da coleção ele doou para a cidade de Santos, e que doará um percentual do valor arrecadado com o leilão a um hospital pediátrico de Curitiba (PR), mas não disse qual. Eu não critico o Pelé, afinal os objetos são dele e ele os conseguiu por mérito próprio, mas como brasileiro apenas lamento que uma coleção histórica como esta tenha sido desfeita, com os objetos tendo sido vendidos para diferentes partes do mundo. Essa coleção deveria estar em um museu aqui no Brasil. Mas a verdade é que muitos atletas brasileiros importantes acabaram morrendo doentes e com dificuldades financeiras, muitas vezes esquecidos pela mídia. Pelé tem o direito de fazer o que quiser com o que é seu. Outros itens vendidos: as medalhas  do mundiais da FIFA; a bola do seu 1000º gol, marcado em 1969, no Maracanã, contra o Vasco da Gama; camisas da seleção brasileira, do Santos e do Cosmos, pelos quais jogou; o troféu de Atleta do Século; boletins escolares; passaportes; título eleitoral;  e até mesmo exames de ressonância magnética da cabeça de Pelé; e presentes recebidos de atletas e políticos. fr

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Túnel Prefeito Marcello Alencar

No início deste mês, foi liberada a passagem de carros e pessoas na Praça 15. As obras ainda continuam em um trecho, cercado por tapumes. Foram colocados bancos ao longo da praça e barras para estacionamento de bicicletas. A Praça 15 é justamente uma das pontas do túnel subterrâneo que vem sendo construído pela prefeitura há anos. Maior túnel urbano do país, com mais de três quilômetros de extensão, ele ligará o Aterro do Flamengo à Avenida Brasil e a Ponte Rio-Niterói, em substituição ao viaduto da Perimetral, derrubado dois anos atrás. Serão dois corredores, cada um com três faixas, sendo que um deles deve ser inaugurado no próximo dia 19. Segundo a imprensa, as obras para a construção do túnel começaram em outubro de 2012, quando ocorreu a primeira detonação no poço de acesso da Avenida Venezuela, no Centro. O objetivo é reduzir em 20% o fluxo do trânsito no Túnel Rebouças e em 30% no Túnel Santa Bárbara pela manhã, e em 15% e 25%, respectivamente, à tarde. Não será permitida a passagem de caminhões pelo novo túnel, que vai do Armazém 8 do Cais do Porto até a Praça 15. O nome escolhido é Túnel Prefeito Marcello Alencar, uma escolha evidentemente política. O homenageado foi senador cassado pelo AI-5 e prefeito do Rio de Janeiro, nomeado pelo governador Leonel Brizola na década de 1980, época em que os prefeitos das capitais não podiam ser eleitos diretamente pelo povo. Em 1988, foi eleito prefeito do Rio, e em 1994, governador do estado. Faleceu em 1997. fr

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Brasil 7x1 Haiti

A seleção brasileira venceu, sem grande dificuldades, a fraca seleção do Haiti por 7x1, pela segunda rodada da Copa América. Gols de Phillippe Coutinho (3), Renato Augusto (2), Gabriel e Lucas Lima. É a terceira vez que as duas seleções se enfrentam, nas duas primeiras, amistosos, o Brasil venceu por 4x0, em 1974, e 6x0, em 2004. O único gol haitiano, de Marcelin, foi resultado de uma falha de marcação da defesa brasileira. Não é possível que o Brasil tenha sofrido um gol do frágil Haiti! Posso até estar sendo exigente demais, mas um jogo como este era para ser uma goleada de zero. Foi o primeiro gol que o Haiti marcou na história dos confrontos com o Brasil. Paciência. O Haiti não serve de parâmetro para comparações, mas pelo menos o Brasil correspondeu ao que se esperava dele, isso é o mais importante. O próximo jogo é no domingo, contra o Peru. fr

Local: Estádio Citrus Bowl, em Orlando, na Flórida (EUA)
Árbitro: Mark Geiger (Estados Unidos)
Assistentes: Joseph Fletcher (Canadá) e Charles Morgante (Estados Unidos)
BRASIL: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Gil e Filipe Luís; Casemiro (Lucas Lima), Elias (Walace), Renato Augusto, Philippe Coutinho e Willian; Jonas (Gabriel). Treinador: Dunga.
Haiti: Placide; Alcénat (Maurice), Goreux, Genevois, Jérôme e Jaggy; Jean Alexandre (Hilaire), Lafrance, Marcelin e Jeff Louis; Belfort (Nazon). Treinador: Patrice Neveu.

terça-feira, 7 de junho de 2016

Primeiro dia de funcionamento do VLT




Estive hoje na Av. Rio Branco, altura do Largo da Carioca, no Centro, e vi passar o VLT, em seu primeiro dia de funcionamento, sem cobrança de passagem por um mês. Ele é silencioso, viaja a 15 km/h, e toca uma campainha para alertar as pessoas de sua passagem. É esperar que tudo funcione como deve, e os usuários tenham a educação e civilidade necessárias para sua correta conservação. fr

segunda-feira, 6 de junho de 2016

A mais-valia no mercado de trabalho brasileiro

As empresas no Brasil, incluindo as multinacionais, querem apenas aumentar cada vez mais os seus lucros. Melhorar a qualidade do serviço prestado não é a prioridade. Basta ver o comportamento, por exemplo, dos bancos e empresas de ônibus. O setor bancário vem reduzindo o número de funcionários, estimulando os seus clientes a fazer tudo pela internet e a colocar as suas contas em débito automático; o contato com o ser humano é cada vez mais suprimido. Nos ônibus, vê-se o motorista tendo que fazer duas funções: dirigir, prestando atenção ao trânsito, e cobrar a passagem, tendo que dar o troco e liberar o acesso das pessoas pela catraca; os chamados 'trocadores' estão acabando. E com isso, os empresários diminuem os seus custos com mão de obra, mas não melhoram o atendimento aos seus clientes.  fr

domingo, 5 de junho de 2016

Brasil estreia mal na Copa América Centenária

O Brasil estreou ontem na Copa América especial comemorativa de 100 anos, nos Estados Unidos, com um empate de 0x0 com o Equador. Um jogo com poucos chutes dos dois lados. O Brasil ainda levou um gol aos 21 minutos do 2º tempo, quando Bolaños cruzou da linha de fundo e o goleiro Alisson engoliu um frango, o treinador do Equador chegou a comemorar com os seus auxiliares. O árbitro, no entanto, erradamente anulou, atendendo a sinalização do bandeirinha de que a bola teria saído. Esse erro de arbitragem salvou a seleção brasileira da derrota. A seleção tem vários desfalques: Neymar, liberado pelo Barcelona somente para a Olimpíada do Rio de Janeiro, em agosto; e outros, cortados por contusão, entre eles o meia Kaká. O próximo jogo do Brasil é com a fraca seleção do Haiti, se não conseguir vencer bem pode dar adeus à competição, o que seria um enorme fiasco. fr
Local: Estádio Rose Bowl, em Pasadena (EUA)
Árbitro: Julio Bascuñán (CHI)
BRASIL: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Gil e Filipe Luís; Casemiro, Elias (Lucas Lima, 41' 2ºT), Renato Augusto, Willian (Willian, 30' 2ºT) e Philippe Coutinho; Jonas (Gabigol, 16' 2ºT). Treinador: Dunga.
EQUADOR: Dreer, Paredes, Achiller, Mina e Ayoví; Gruezo, Noboa, Montero (Fidel Martinez, 35' 2ºT), Miler Bolaños (Gaibor, 44' 2ºT) e Valencia; Enner Valencia (Jaime Ayoví, 35' 2ºT). Treinador: Gustavo Quinteros.

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Frases: José Ângelo Gaiarsa


"Eis a verdade profunda e imbecil: todos vigiam e controlam todos para que ninguém faça aquilo que todos querem fazer." 
 
JOSÉ ÂNGELO GAIARSA, psicoterapeuta.

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Abelhas seguem rainha e tomam parcialmente carro



Essa é muito interessante e curiosa! Uma motorista em Haverfordwest, no País de Gales, teve o seu carro parcialmente tomado por milhares de abelhas durante dois dias. De acordo com a imprensa, o caso foi resolvido por especialistas nos insetos, que disseram que a abelha-rainha teria ficado presa dentro do carro, sendo seguida pelos suas súditas. Com muita dificuldade e algumas ferroadas, eles conseguiram libertar a rainha e as demais a seguiram. Curioso! fr