SEJA ÉTICO

SEJA ÉTICO: Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução do conteúdo deste blog com a devida citação de sua fonte.

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Há 20 anos: Botafogo campeão da Taça Teresa Herrera de 1996

Hoje faz 20 anos a conquista pelo Botafogo da tradicional Taça Teresa Herrera, disputada desde 1946. Aquela foi a 50ª edição, portanto, da competição, e todos os jogos foram disputados no estádio Riazor, em La Coruña. Participaram o Botafogo, como campeão brasileiro do ano anterior, o Deportivo de La Coruña, campeão da Copa do Rei na temporada 1994-95, o Ajax da Holanda, como campeão da Liga dos Campeões de 1995, e a Juventus, como campeã italiana. O Botafogo venceu o La Coruña por 2x1, e a Juventus venceu o Ajax por 6x0. Na final, dia 10 de agosto de 1996, em um jogo emocionante, Botafogo e Juventus empataram em 2x2 no tempo normal (Vieri e Amoruso pela Juventus; Túlio e França pelo Botafogo). Na prorrogação, novamente empate de 2x2 (dois de Amoruso; e gol contra de Ferrara, e de Túlio). Na disputa na marca dos pênaltis, o Botafogo venceu por 3x0 e foi campeão da Taça Herrera de 1996. Túlio e Amosuso foram os artilheiros da competição com 4 gols cada. O terceiro gol da final deve ter sido anotado pelo árbitro como sendo de Túlio. Por conta da semelhança dos uniformes, o Botafogo teve que jogar com a camisa do La Coruña, mas com a estrela solitária nos calções e meiões, e também na camisa do goleiro. Nenhum dos dois times tinha segundo uniforme. O árbitro foi o espanhol Antonio Jesús López Nieto. fr
BOTAFOGO - Wagner; Wilson Goiano, Wilson Gottardo, Grotto, Jefferson, Souza, Otalicio, Marcelo Alves (Marcos Aurélio), França (Zé Carlos); Túlio, Sorato (Mauricinho). Treinador: Ricardo Barreto.
Juventus - Peruzzi; Ferrara, Montero, Porrini, Torricelli; Deschamps, Jugovic, Del Piero (Amoruso), Di Livio; Padovano (Ametrano), Vieri (Boksic). Treinador: Marcello Lippi.
video

Nenhum comentário: