SEJA ÉTICO

SEJA ÉTICO: Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução do conteúdo deste blog com a devida citação de sua fonte.

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Brasil vence Camarões e vai pegar o Chile nas oitavas

Brasil venceu bem a seleção de Camarões, mas não foi tão fácil quanto muitos diziam que seria, apesar do placar: 4x1. No Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, Neymar abriu o placar e fez o 100º gol da Copa do Mundo do Brasil neste que era o 100º jogo da seleção em Copas. Mas, após uma falha da defesa, Camarões empatou. Nyon passou por Daniel Alves pela esquerda, cruzou e a bola passou na frente de Paulinho, David Luiz e Thiago Silva para que Matip fizesse o gol de empate, em frente ao goleiro Julio César, na pequena área. Camarões correu, marcou e fez jogo duro, mas o Brasil tem Neymar, que, aos 34 minutos do primeiro tempo, em jogada individual desempatou. Neymar foi escolhido pela FIFA o melhor da partida. E com os dois gols de hoje está isolado na artilharia do Mundial com quatro gols, além de ter se tornado o quinto maior artilheiro da seleção brasileira, com 35 gols, ultrapassando Rivaldo, com 34, e Ronaldinho, com 33. À frente dele estão Pelé, com 77 gols; Zico, com 66 gols; Ronaldo, com 62; e Romário, com 55. Com apenas 22 anos, Neymar tem tudo para ultrapassar todos eles, e também se tornar o maior artilheiro em Copas do Mundo, passando Ronaldo e o alemão Klose, ambos com 15 gols. Fred e Fernandinho fecharam a goleada.
Ainda sou de opinião que a seleção não convenceu. A defesa falhou em muitas situações, Julio César não foi testado suficientemente, e o Brasil precisa de uma boa vitória diante de uma equipe mais forte, mais tradicional, para provar o seu valor. Com a vitória, o Brasil terminou em primeiro no grupo A, e o México em segundo. Pelo grupo B, a Holanda venceu o Chile por 2x0. No próximo sábado, no Mineirão, o Brasil pegará o Chile nas oitavas, país que terminou em segundo no grupo B, enquanto os mexicanos a Holanda, primeira colocada no mesmo grupo, no domingo. Mas, por pouco, a situação não se inverte porque Brasil e México terminaram empatados com 7 pontos, duas vitórias, mas pelo critério de desempate, a seleção brasileira ficou na frente pelo saldo de cinco gols, contra três do México, que venceu a Croácia no mesmo horário por 3x1. Se os placares fossem um pouco só diferentes, os confrontos mudariam. Brasil e Chile se enfrentaram três vezes em Copa do Mundo, e o Brasil venceu todas: 1962, no Chile, 4x2; 1998, na França, 4x1; 2010, na África do Sul, 3x0. Espero que nossa invencibilidade continue. Eu torcia para que o Brasil pegasse a Holanda, apenas para dar o troco de 2010, mas que venha o Chile! A partir de agora, nas oitavas, cada jogo é decisivo. Haja emoção!   fr

Nenhum comentário: