SEJA ÉTICO

SEJA ÉTICO: Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução do conteúdo deste blog com a devida citação de sua fonte.

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Uma estreia sem brilho

A estreia do Brasil não foi lá essas coisas, mas começamos com uma vitória: 3 x 1 na Croácia, dois gols de Neymar e um de Oscar. O jogo foi na Arena Corinthians, em São Paulo, após a cerimônia de abertura da Copa do Mundo. A seleção brasileira não jogou bem, mas a Croácia também não, e se era para ter um vencedor, esse deveria ser mesmo o Brasil. Logo aos 11 minutos do primeiro tempo a Croácia abriu o placar, com um gol contra do zagueiro Marcelo. A partir daí o Brasil partiu em busca do empate. Mas a Croácia chegou a ameaçar o gol brasileiro em algumas outras oportunidades.


Aos 28'31", Neymar chutou fraco da meia-lua e empatou o jogo. Dois minutos antes, ele tinha levado um cartão amarelo por ter acertado o rosto de um croata, em uma disputa de bola. Um cartão merecido e totalmente desnecessário. Aos 26 minutos do segundo tempo, Neymar fez o gol de desempate, cobrando um pênalti que não existiu. O atacante Fred levou um pequeno puxão dentro da área e aproveitou para se jogar no gramado. O árbitro japonês Yuichi Nishimura considerou falta. Após o jogo, o técnico da Croácia, Niko Kovac, reclamou muito: “Foi uma vitória justa do Brasil, é preciso reconhecer. O Brasil não precisa de nenhuma ajuda, tem excelentes jogadores. Também não posso culpar o Fred, pois ele fez o que todos tentam fazer.” Bom, pelo menos ele reconheceu uma verdade, a enorme maioria dos jogadores no mundo não têm o menor pudor de simular uma falta ou agressão, inclusive os croatas. Kovac também deveria criticar a atitude do seu jogador, Lovren, que, dentro da área, foi puxar o atacante adversário, mesmo que não o suficiente para derrubá-lo. Ainda mais em Copa do Mundo.


Aos 45 minutos, Oscar completou o placar, com um belo chute de bico, como fizera Ronaldo contra a Turquia, na Copa de 2002. Não foi a estreia que eu gostaria. Julio César foi pouco exigido, não teve culpa no gol croata, mas chegou a espalmar um bola para o meio da área, o que goleiro nenhum deve fazer. Vamos torcer para que jogue bem no restante do Mundial. A defesa brasileira não esteve bem. Fred e Hulk estiveram apagados. Em minha opinião, Oscar e Neymar foram os melhores jogadores. Neymar, inclusive, foi escolhido pela FIFA o melhor em campo. O jogo mostrou que precisamos melhorar. E é bom para esfriar o clima de "já ganhou" que alguns estimulam. Passando para a próxima fase, o Brasil deve pegar um adversário muito difícil, provavelmente a atual campeã Espanha, ou a Holanda, que nos eliminou em 2010. O próximo jogo é terça-feira, contra o México. Tomara que o Brasil jogue bem melhor e vença, sem passar esse sufoco de hoje!  fr

Nenhum comentário: