SEJA ÉTICO

SEJA ÉTICO: Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução do conteúdo deste blog com a devida citação de sua fonte.

terça-feira, 24 de julho de 2018

Filme da Turma da Mônica com atores reais estreia em 2019

A previsão é que o filme da Turma da Mônica com atores reais estreie somente no ano que vem. Tomara que fique bom e agrade a todos os públicos, das crianças aos adultos, que curtem ser criança. fr

domingo, 15 de julho de 2018

França vence a Croácia e é a campeã mundial de 2018

                A Copa do Mundo da Rússia terminou hoje, com a conquista da França, que venceu a Croácia por 4x2. Eu torci pela Croácia, por nunca ter sido campeã ainda e pela superação demonstrada em três prorrogações para chegar a esta final.  A FIFA divulgou o melhor jogador do Mundial, e é o croata Luka Modric. Ontem, a Bélgica venceu a Inglaterra por 2x0 e ficou com o terceiro lugar.
 
                Eu não acompanhei muitos jogos deste Mundial, até porque estava em Portugal e, depois do retorno ao Brasil, trabalhando. Para mim, faltou ao Brasil a determinação e raça que têm faltado há muito tempo. E Neymar, “eterna promessa de melhor do mundo”, continua sendo um jogador imaturo demais, e que insiste em simular (e de forma até ridícula, muitas vezes) contusões nas faltas que recebe. Ele está deixando de jogar o que sabe e se destacar pelo seu talento, preferindo aparecer de uma maneira muito menos digna. Infelizmente! fr

sábado, 14 de julho de 2018

Frases: Madre Teresa de Calcutá


“As mãos que ajudam são mais sagradas que os lábios que rezam.”
MADRE TERESA DE CALCUTÁ

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Pedidos de impeachment contra o prefeito são rejeitados

Ontem, os pedidos de impeachment contra o prefeito bispo Marcelo Crivella (PRB) foram rejeitados em sessão extraordinária na Câmara de Vereadores. Foram 20 vereadores que votaram contra os pedidos e 19 a favor. Uma pena!  fr
 

Agora muitos estão arrependidos e com vergonha


quarta-feira, 11 de julho de 2018

Final da Copa do Mundo será entre Croácia e França

Com a vitória, hoje, da Croácia sobre a Inglaterra por 2x1, na prorrogação, a final da Copa do Mundo está definida. A outra finalista é a França, que derrotou, ontem, a Bélgica por 1x0. A final será no domingo, dia 12, no estádio Lujniki, em Moscou. Os croatas jogaram três prorrogações consecutivas, ou seja, três jogos de 120 minutos, e podem sentir o desgaste físico e emocional nesta que será sua primeira final em mundiais. No sábado, será a decisão do terceiro lugar, entre a Inglaterra e a Bélgica. Eu vou continuar torcendo pela seleção da Croácia, que nunca conquistou um título mundial. fr
                                  Croatas fazem a festa pela classificação inédita para uma final de Copa do Mundo.

domingo, 8 de julho de 2018

Steve Ditkos, co-criador do Homem-Aranha, morre aos 90 anos

             
               Foi anunciada no início do mês a morte, aos 90 anos, do desenhista e roteirista estadunidense Steve Ditko, co-criador do personagem Homem-Aranha, ao lado de Stan Lee. O artista era muito reservado, pouco aparecia em eventos e dele pouco era divulgado. O seu corpo teria sido encontrado por uma assistente social, que estranhou a falta de contato e foi até o apartamento dele, em Nova Iorque. De acordo com a imprensa dos Estados Unidos, Steve Ditko teria morrido no dia 29 de junho, e a polícia acredita que ele morreu dois dias antes. A causa da morte teria sido um ataque cardíaco.

                A criação mais importante do artista se deu em 1961, quando trabalhava como ilustrador da Marvel Comics. Stan Lee, editor-chefe à época, pediu primeiro a Jack Kirby que colaborasse na criação daquele que viria a se transformar em um dos mais famosos super-heróis do mundo: o Homem-Aranha. Kirby participou da criação de outros personagens, como Hulk, Capitão América, Quarteto Fantástico e X-Men. O resultado, porém, não agradou a Stan Lee, que passou, então, a Ditko a incumbência e este acabou criando o visual do Homem-Aranha, incluindo o recurso do lançador de teias. A primeira aparição do escalador de paredes foi na revista ‘Amazing Fantasy’, em 1962, dando início ao seu super sucesso conhecido mundialmente.

                Anos depois, ele e Stan Lee desentenderam-se e Ditko saiu da Marvel, passando a trabalhar em outras editoras, incluindo a DC Comics. Em 1979, retornou a Marvel, onde passou a trabalhar como autônomo na década de 1990. Steve Ditko é co-criador também de alguns inimigos do cabeça de teia: Duende Verde, Doutor Octopus, Lagarto, Homem-Areia, Electro, Mystério e Abutre. E também do mago Doutor Estranho. Steve Ditko raramente dava entrevistas, e sequer comparecia aos lançamentos dos filmes dos personagens que ajudou a criar, ao contrário de Stan Lee, que até participa deles em curtíssimas aparições. Somente muito tempo depois, Lee reconheceu publicamente Steve Ditko como co-criador do Homem-Aranha. fr  Fonte das informações: G1 e O Estado de S. Paulo de 06/7/2018.

Brasil é eliminado do Mundial

           Fim de Mundial para nós, brasileiros. A seleção perdeu na quarta-feira, dia 6, para a Bélgica por 2x1, e deu adeus ao objetivo de mais um título. A Bélgica abriu o marcador aproveitando-se de um gol contra de Fernandinho; e ampliou aos 30 minutos do primeiro tempo. A seleção brasileira insistiu bastante, mas, sem eficiência, conseguiu apenas diminuir o placar aos 30 minutos do segundo tempo, com Renato Augusto. Neymar, eterna promessa de um dia vir a se tornar o melhor jogador do mundo pela FIFA, tem sido motivo de piada no mundo inteiro pela insistência de se contorcer quando derrubado, mesmo sem muita gravidade. Talento ele tem, o que lhe falta é mais equilíbrio emocional e seriedade.

 As semifinais serão disputadas nos próximos dias 10 e 11. No primeiro dia, será Bélgica e a França, que derrotou o Uruguai por 2x0. No dia seguinte, Inglaterra, que venceu a Suécia por 2x0, enfrentará a Croácia, que eliminou a anfitriã, Rússia, por 4x3, na decisão na marca dos pênaltis, após um empate de 2x2. O Brasil tendo sido eliminado, eu torcia para que o Uruguai fosse o campeão, após quase 100 anos sem um Mundial. Agora, vou torcer pela Croácia, que nunca foi campeã. fr 


BRASIL 1x2 BÉLGICA
Local: Arena de Kazan, em Kazan (Rússia)
Público: 42.873 espectadores
Árbitro: Milorad Mazic (Sérvia)
Assistentes: Milovan Ristic e Dalibor Djurdjev (ambos da Sérvia)
Cartões Amarelos: Fagner e Fernandinho (Brasil); Alderweireld e Meunier (Bélgica)
Gols: Fernandinho, contra (12’/1ºT), Kevin De Bruyne (30’/1ºT); e Renato Augusto (30’/2ºT)
BRASIL: Alisson; Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Fernandinho, Paulinho (Renato Augusto) e Philippe Coutinho; Willian (Firmino), Neymar e Gabriel Jesus (Douglas Costa); treinador: Tite.
Bélgica: Courtois; Meunier, Alderweireld, Kompany e Vertonghen; De Bruyne, Witsel e Fellaini; Chadli (Vermaelen), Hazard e Lukaku (Tielemans); treinador: Roberto Martínez.

terça-feira, 3 de julho de 2018

Dica de livro: "Iaiá Garcia"

Iaiá Garcia, Machado de Assis, São Paulo, editora Globo, 1997, 172 páginas (Obras Completas de Machado de Assis).
 
Mais um livro de Machado de Assis que eu li: “Iaiá Garcia”, publicado em 1878, e lançado inicialmente em folhetim no jornal “O Cruzeiro”, onde o autor também escreveu suas crônicas nas “Notas Semanais”. Considerado último livro da fase romântica do autor, a estória transcorre durante a Guerra do Paraguai.
Luís Garcia é um funcionário público, viúvo, e com 41 anos no início da estória. Retraído em sua casa em Santa Teresa, taciturno, ele “amava a espécie e aborrecia o indivíduo”, e ajudava a qualquer um, esquecendo logo do que fazia. Luís Garcia tinha uma filha, Lina, ou Iaiá Garcia, de 11 anos, que estudava em um colégio durante a semana e o pai a pegava nos sábados para passarem o fim de semana juntos; a mãe morreu em 1859.  
Atendendo a um chamado da viúva de um desembargador que fora amigo de seu pai – Valéria Gomes, 48 anos –, Luís Garcia foi a casa dela, na Rua dos Inválidos, no Centro. Para sua surpresa, era para lhe pedir que conversasse com o filho, Jorge, a fim de convencê-lo a se alistar como voluntário na guerra. E ela usou como justificativa os interesses da pátria e o desejo de ver o filho bem encaminhado na vida, voltando do conflito coronel.
O filho, de 24 anos, era um advogado sem muita aptidão para a carreira, preferindo usufruir da vida que tinha por conta da boa situação financeira da mãe. Mesmo desconfiado das razões patrióticas apresentadas, Luís Garcia aceitou e conversou com o rapaz, descobrindo que a verdadeira razão da mãe era afastar o filho de uma moça por quem ele estava apaixonado. E ficou também surpreso em saber que Jorge já tinha decidido ir para a guerra.
A jovem em questão era Estela, de 16 anos, a filha do sr. Antunes, antigo escrevente do falecido marido de Valéria. Ele era uma espécie de faz-tudo, adulador e confidente das aventuras extraconjugais do desembargador, que o ajudou muito e a Estela. Após a morte do chefe ele transferiu a dedicação à viúva, e desejava muito que sua filha viesse a casar com Jorge.
Ao contrário do pai, acostumado a viver dos favores recebidos, Estela era muito orgulhosa, nunca se considerando pessoa da família de Valéria, apenas como se fosse uma visita na casa. Ela amava Jorge, mas quando este se declarou e lhe perguntou o que sentia por ele, Estela reagiu com indiferença, justamente por não se sentir à altura dele.
Magoado e com o amor-próprio ferido, Jorge considerou a atitude de Estela muito fria e indiferente, o que fez decidir-se por ir à guerra, recebendo de imediato a patente de capitão de voluntários, dedicando-se com coragem às missões mais perigosas, chegando a ser ferido em uma batalha. A moça decidiu por voltar à casa do pai, o que só confirmou as suspeitas de Valéria que algo entre os dois poderia estar acontecendo. Valéria chegou a tentar que o filho casasse com uma parenta distante, Eulália, de 19 anos, mas esta não aceitou por não acreditar ser amada por ele.
Atenção, a seguir vou escrever informações sobre o final do livro, então, quem não quiser saber antecipadamente, pare aqui!
Passado algum tempo após sua chegada ao Paraguai, Jorge recebeu uma carta de Luís Garcia informando-lhe que ele casara-se com Estela. O casamento foi incentivado por Valéria, que desejava evitar uma futura aproximação da moça com seu filho, após o seu retorno da guerra. A escolha da nora deu-se inicialmente com o oferecimento de um dote ao sr. Antunes para garantir o futuro da filha. Em seguida, ela consultou Estela a respeito de Procópio Dias, um conhecido do filho, de 50 anos e sem moral, e viu que a mesma não sentia nada por ele, nem por ninguém, apesar de dizer que aceitaria o marido que ela propusesse.
Estela e Iaiá tornaram-se grandes amigas, e esta lhe perguntou por que não se casava com o pai dela. A ideia do casamento amadureceu e a própria Estela perguntou a opinião de Valéria, que procurou Luís Garcia, convencendo-o a casar-se novamente.
À época o amor não era a principal motivação dos casamentos. Não era necessário Estela amar Luís Garcia, bastava sentir certo apreço e respeito. E Luís Garcia, a princípio, não pensava em casar-se novamente, mas acabou aceitando, mesmo também não sendo por amor. Considerava conveniente arrumar uma madrasta para a filha, que estava terminando os estudos e voltaria em definitivo para casa; e as duas se gostavam muito. O pai de Estela, por sua vez, não gostou da escolha, pelo temperamento fechado do futuro genro, mas o dote oferecido por Valéria ajudou-o a se decidir. E Valéria foi até madrinha da noiva.  
Em quatro anos lutando na guerra, Jorge foi promovido sucessivamente a major e tenente-coronel, comandando o seu próprio batalhão. Em março de 1870 a guerra foi encerrada, tendo superado muito o tempo previsto, e coincidentemente foi quando Jorge recebeu carta de Luís Garcia informando-lhe que sua mãe morrera. Em outubro, ele retornou ao Rio de Janeiro, coberto de glórias, mas sua mãe já não estava mais viva para ver e se orgulhar.
Jorge herdou uma boa quantia da mãe, o suficiente, se bem administrado, para que não precisasse mais advogar, o que nunca gostou de fazer, ou a exercer qualquer outra atividade. No testamento, Valéria também deixou um valor como “legado” para futuramente servir como dote para Iaiá, e um dote para Estela, que abriu mão em favor da amiga.
Luis Garcia ficou doente, e pediu a Jorge que, em caso de seu falecimento, cuidasse da esposa e da filha, como se fosse um “tutor”. Dinheiro elas teriam o suficiente por conta do dote deixado por Valéria, mas Luis Garcia não confiava no sogro. O médico de Luiz Garcia contou a Jorge que o doente, mesmo que se recuperasse, viria a morrer em um ano ou ano e meio, por conta de sérios problemas no coração. Jorge passou a visitar Luis Garcia regularmente, chegando a passar a morar em uma casa que tinha em Santa Teresa, para ficar mais próximo dele. O relacionamento entre Jorge e Estela era formal.
Ao arrumar seus papeis no escritório, Luis Garcia leu para a esposa uma carta de Jorge, que ele enviara quando estava no Paraguai, em que confidenciava a ele que o motivo de ter ido à guerra era o amor a uma mulher. Iaiá percebeu que a madrasta ficou perturbada ao ouvir a leitura, e passou a suspeitar de um amor antigo entre os dois. Procópio Dias confidenciou a Jorge o seu interesse em casar-se com Iaiá e pediu-lhe que fosse seu aliado e falasse dele com a moça, já que precisou fazer uma viagem de negócios a Bahia.
A convivência acabou por aproximar Jorge e Iaiá, que o amava, e, com o incentivo de Estela, acabaram por marcar o casamento. Ao voltar para o Rio de Janeiro e descobrir o que considerou uma traição de Jorge, Procópio tentou afastá-los contando a Iaiá que seu noivo amava de verdade a madrasta. A relação das duas ficou estremecida por algum tempo, e Iaiá chegou a desistir do casamento, mandando Raimundo – um ex-escravo da família, liberto, mas ainda vivendo em sua casa – entregar uma carta a Procópio aceitando o pedido de casamento. A carta não chegou a seu destinatário porque Raimundo a leu e preferiu não entregá-la, o que foi determinante no desenrolar dos acontecimentos.
Estela sempre amou Jorge, mas preferiu abrir mão dos seus sentimentos em favor de Iaiá, convencendo-a que não sentia mais nada por ele, o que não era verdade, e ainda fez questão de ser madrinha da noiva. Depois, preferiu afastar-se, partindo para São Paulo, onde passou a dirigir um estabelecimento de ensino de uma antiga aluna. O pai preferiu permanecer no Rio de Janeiro, dedicando a Jorge e sua esposa o seu tempo e atenção, assim como fizera com a mãe daquele, e, antes, com o pai.
De acordo com o Wikipédia, o livro foi adaptado para a TV e o cinema. Em 1978, com o filme “Que Estranha Forma de Amar”, escrito e dirigido por Geraldo Vieitri. Em agosto de 1982, uma novela de mesmo nome, exibida pela TV Cultura, escrita por Rubens Ewald Filho. fr

Machado de Assis

         
          Joaquim Maria Machado de Assis nasceu no Morro do Livramento, no Rio de Janeiro, em 21 de junho de 1839. Bisneto de escravos libertos, seus pais eram trabalhadores braçais que moravam como agregados em uma chácara matriarcal. A sua infância foi pobre, não frequentou escola, vendeu doces na rua para colaborar com a família. Sofria de epilepsia. Entre os seis e os 14 anos, seus pais e a irmã morreram.

          Foi caixeiro de livraria, tipógrafo, revisor, jornalista, funcionário público e escritor. Casado durante 35 anos com a portuguesa Carolina Novaes; não tiveram filhos. Carolina faleceu em 1904, e a partir de então Machado de Assis passou a maior parte do seu tempo recluso em casa – assim como ele retratava alguns de seus personagens.  

Os estudiosos de sua obra a dividem em duas fases, com os respectivos romances: a romântica (“Ressurreição”, 1872; “A Mão e a Luva”, 1874; “Helena”, 1876; “Iaiá Garcia”, 1878) e a realista ou da maturidade (“Memórias Póstumas de Brás Cubas”, 1881; “Casa Velha”, 1885; “Quincas Borba”, 1891; “Dom Casmurro” 1899; “Esaú e Jacó”, 1904; “Memorial de Aires”, 1908).  A maioria dessas obras eu já li e as registrei aqui no meu blog. Além desses dez títulos, escreveu também 215 contos, dez peças teatrais, cinco coletâneas de poemas e sonetos e mais de 600 crônicas.

           Machado de Assis é um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras, em 1896, e seu primeiro presidente, ocupando a cadeira nº 23. Faleceu em sua casa, no Rio de Janeiro, em 29 de setembro de 1908, aos 69 anos, e no dia do seu enterro foi decretado luto oficial na cidade, com uma multidão presente. fr

Estão definidas as quartas de final do Mundial da Rússia

            Com os dois últimos jogos realizados hoje, dia 3, já estão definidas as seleções que passaram às quartas de final da Copa do Mundo da Rússia. Eu não tenho assistido a todos os jogos, claro, porque estou em Portugal, mas acompanho e torço. Portugal de Cristiano Ronaldo foi eliminado pelo Uruguai, ao perder por 2x1 no sábado passado, dia 30. O português, o atual melhor jogador do mundo de acordo com a FIFA, fica, assim, de fora da competição e vê as suas chances de ganhar a premiação mais uma vez bastante diminuídas. No mesmo dia, em jogo de muitos gols, a Argentina deu adeus, perdendo para a França por 4x3. Lionel Messi, outro craque mundial, mais uma vez perde a oportunidade de ganhar um Mundial. 
 
            Domingo, dia 1º de julho, a seleção anfitriã, a Rússia, conseguiu a vaga com muita dificuldade, ao vencer na disputa na marca dos pênaltis a Espanha por 4x3, após um empate de 1x1 no tempo normal. Após ter o treinador demitido às vésperas do início da competição, os espanhóis vão ter muito o que discutir em casa. A Croácia também conseguiu sua classificação na marca dos pênaltis, derrotando a Dinamarca por 3x2, após empatar em 1x1 nos 90 minutos de jogo.
            Ontem, o Brasil venceu o México por 2x0, a maior diferença de placar das oitavas. E a Bélgica conseguiu uma vitória sensacional, de virada, sobre o Japão, após estar perdendo por 2x0. Os japoneses fizeram dois gols logo nos primeiros minutos do segundo tempo, e deram sinais que conseguiriam a vaga, mas os belgas reagiram aos 24 e 28 minutos, empatando o jogo. Quando tudo indicava que a decisão seria na disputa na marca dos pênaltis, a Bélgica desempatou já nos minutos de acréscimos. Um jogo, ou melhor, um segundo tempo de muita emoção. E a Bélgica será nossa adversária nas quartas de final.  Eu preferia pegar o Japão; a Bélgica demonstrou ser mais perigosa, mas acredito que o Brasil tem condições de passar pelos belgas.
 
            Hoje, a Suécia venceu a Suíça por 1x0. Estas são duas seleções que não costumam demonstrar muita coisa em termos de qualidade de futebol, jogando mais determinadas em defender, não tomar gol, e a se fechar quando o resultado é favorável. Eu torci pela Colômbia contra a Inglaterra, mas o jogo terminou empatado em 1x1, e os ingleses se classificaram vencendo por 4x3, na disputa na marca dos pênaltis.
            Os jogos das quartas de final serão: 6/7: Uruguai x França e Brasil x Bélgica; 7/7: Rússia x Croácia e Suécia x Inglaterra. fr
 

segunda-feira, 2 de julho de 2018

Vizinhos de Madonna em Lisboa reclamam de privilégios para a cantora

          A cantora Madonna comprou uma casa em Lisboa, o chamado Palacete Ramalhete, na Rua das Janelas Verdes nº 92, uma construção do século 18 que até o final do ano passado recebia hóspedes. Mas a sua convivência com os vizinhos portugueses tem criado muitas reclamações. A casa está em reformas, e a cantora pediu à Câmara Municipal de Lisboa (CML) um lugar próximo onde pudesse usar de estacionamento, para ela e para os trabalhadores. Ela recebeu permissão para usar um espaço público, nos fundos do Palácio Pombal, com capacidade de até 15 veículos, até o fim das obras, pagando um aluguel mensal de 720 euros.
Os moradores e trabalhadores da região, cujo estacionamento é considerado difícil, reclamaram do que consideraram um tratamento privilegiado para a cantora. A CML informou que “o objetivo deste acordo precário é evitar perturbações e transtornos no trânsito local, numa artéria estreita mas bastante movimentada, que a entrada e saída de veículos das obras certamente traria para a zona. Findas as obras termina este acordo e será cobrada a verba correspondente”. Um dos quatro filhos adotivos de Madonna, David Banda, está treinando no time sub-12 do Benfica. fr

Brasil vence o México e pega a Bélgica nas quartas de final

Mais uma vitória de 2x0, desta vez sobre a seleção do México, e o Brasil se classificou para as quartas de final do Mundial da Rússia. Marcelo, contundido, foi desfalque. O jogo foi hoje no estádio Cosmos Samara, e os gols foram marcados por Neymar e Roberto Firmino, ambos no segundo tempo. Com o gol que fez, Neymar igualou-se a Bebeto e a Rivellino como o 9º maior artilheiro da seleção brasileira em Mundiais, com 6 gols. Na lista, Pelé é o segundo, com 12 gols, e Ronaldo, o primeiro, com 15. No próximo dia 6, pelas quartas de final, o Brasil enfrentará a Bélgica, que venceu hoje o Japão por 3x2. Esse jogo vai ser muito difícil, eu preferia que o Brasil enfrentasse o Japão, mas vamos torcer! fr
Roberto Firmino definiu o placar para o Brasil.
BRASIL 2 x 0 México
Local: Cosmos Samara, em Samara (Rússia)
Público: 41.970 torcedores
Árbitro: Gianluca Rocchi (Itália)
Assistentes: Elenito di Liberatore e Mauro Tonolini (Itália)
Gols: Neymar (5’/2ºT) e Roberto Firmino (43’/2ºT)
Cartões amarelos: Casemiro e Filipe Luís (Brasil); Álvarez, Hector Herrera, Guardado e Salcedo (México)
BRASIL: Alisson; Fagner, Thiago Silva, Miranda, Filipe Luís; Casemiro, Paulinho (Fernandinho), Coutinho (Firmino); Willian (Marquinhos), Gabriel Jesus e Neymar; treinador: Tite.
México: Ochoa; Alvarez (Jonathan dos Santos), Salcedo, Hugo Ayala, Gallardo; Rafa Márquez (Layún), Herrera, Guardado, Vela, Lozano; Chicharito Hernández (Raúl Jiménez); treinador: Juan Carlos Osorio.

20 observações da estada em Portugal

Amanhã, volto para Amadora, onde durmo no hotel, para pegar o avião de retorno ao Rio de Janeiro no dia seguinte. Minha mãe ainda fica aqui em Portugal por mais dois meses com a nossa família. Fiz uma pequena lista com 20 observações interessantes sobre o período em que estive em Portugal. É um país lindo, tem muito o que conhecer, tem também problemas, como é natural de qualquer país, mas que vale à pena ser visitado, e eu indico para todo mundo. Conforme for, eu mesmo pretendo voltar um dia.

1. Quando cheguei a Lisboa, quis pedir um Uber para ir do aeroporto para o hotel, mas não consegui. Uma das funcionárias me informou que em Portugal o Uber não aceita dinheiro (!).

2. Somente no hotel eu percebi que o identificador da minha mala tinha sido retirado, e o da minha mãe, que era formado por vários quadrados, estava todo riscado à caneta, com xis e bolas. Nós tínhamos comprado os dois identificadores para a viagem, eram novos. Não dá para saber se foi no aeroporto do Rio de Janeiro ou no de Lisboa. Seja como for, é uma vergonha a gente saber que os funcionários de aeroporto se prestam a esse papel. Pelo menos não demos por falta de nada de mais valor, ainda bem!

3. Estamos no verão, e os dias com sol são longos, e escurece bem tarde, por volta de umas oito da noite, o que é muito bom, principalmente para quem está passeando. As pessoas nem dizem “boa noite” enquanto está sol, só “boa tarde”.

4. Estávamos em Lisboa durante a Copa do Mundo da Rússia. Eu notei que as pessoas com quem eu conversava não estavam muito empolgadas, mesmo tendo o melhor jogador do mundo, segundo a FIFA, o Cristiano Ronaldo. Somente pela televisão eu via a animação, principalmente dos jovens, nos dias dos jogos de Portugal. Telões foram instalados em pontos de muita concentração de pessoas. Mas não é igual ao Brasil. Tudo funciona mesmo nos dias dos jogos da seleção portuguesa, ninguém sai mais cedo, não escutei fogos de artifício, e as ruas em geral não estavam enfeitadas, quando muito eu vi umas poucas bandeiras de Portugal nas janelas.

5. Os portugueses podem não mudar sua rotina por conta do Mundial, mas muitos torcedores de clubes são fanáticos e violentos, como no Brasil. E brigam seja pelo futebol ou por outro esporte, para “defender” o clube do coração. Vi na televisão cenas de brigas de torcidas após um jogo de handebol, em Lisboa. Bom, para mim, seja no Brasil ou em Portugal, lugar de bandido, mesmo vestido de torcedor, é na cadeia. Assim os estádios ficam livres para nós, os verdadeiros amantes do esporte.

6. Aqui em Portugal, os autocarros (ônibus) não têm catracas, e as pessoas respeitam o motorista, pagando suas passagens. E usa-se muito os comboios (trens), que levam as pessoas para todos os lugares, são limpos e passam em intervalos curtos, sem grandes atrasos. Eu estive em Lisboa durante alguns dias de paralisações dos funcionários dos comboios, e elas eram avisadas com antecedência à população. Quando terminavam, houve, sim, atrasos no retorno das atividades.

7. Os motoristas em Portugal são obrigados a parar quando alguém está na passadeira, ou seja, na via de pedestre, aguardando para atravessar a rua. Mas se você estiver fora dela, nem adianta que os carros vão continuar o seu caminho, e estão certos. Mas, vi muitos motoristas se estressando uns com outros quando estavam em cruzamentos.

8. Eu vi pobreza em Lisboa, com alguns mendigos pedindo esmola, mas, nem de longe, nada que se aproxime do que existe no Brasil, onde tem pobreza e miséria, e muita gente dormindo na rua, consumindo drogas e cometendo crimes, inclusive menores de idade.

9. Enquanto estive em Portugal, vi na imprensa notícias de assaltos, e até crimes violentos, como um homem que foi morto e teve o corpo queimado dentro do carro, no Algarve. Mas no Brasil, infelizmente é muito pior.

10. Um dia, andando com minha mãe pelo Rossio, passei por um rapaz oferecendo drogas (parecia maconha) à luz do dia, muito à vontade. Infelizmente isso é algo que pode acontecer em qualquer grande cidade do mundo, inclusive no Brasil.

11. É evidente que quem viaja não é para ficar no hotel vendo televisão, mas em algum momento você vai ligar a TV. E a programação aqui em Portugal é inferior à da TV brasileira. No Brasil, a gente reclama, mas ainda assim é mais variada e melhor do que aqui. Em Portugal, tem mais programas e canais dedicados ao esporte, principalmente ao futebol, mas durante o tempo em que estive aqui se falava o tempo todo no Sporting, nas agressões sofridas pelos seus jogadores por parte de “torcedores”, e se o presidente deveria ou não ser afastado. Chega um momento que cansa. Aqui passa a Globo e a Record Internacionais.

12. Para quem curte História, como eu, Portugal é nota 10. Aonde se vá tem lugares históricos, e muitos deles relacionados à História do Brasil.

13. Os portugueses, em sua maioria, não são muito abertos, mas ainda assim encontrei pessoas prestativas e muito simpáticas. Não é que os portugueses sejam antipáticos, eles são mais sérios, reservados. E são mais objetivos, não são muito de compreender determinadas expressões ou tiradas humoradas, é preciso ser direto quando for pedir algo. Eu me lembro que em Amadora, eu perguntei a um senhor se conhecia um determinado lugar, e ele respondeu “sim!”, e ficou parado me olhando... kkkkkkk Eu tive, então, que perguntar se ele sabia como eu fazia para chegar lá.

14. Ocorreram muitas paralisações e greves, a insatisfação com a perda do poder aquisitivo em Portugal é muito grande.

15. Em Lisboa e no Algarve, têm muitos turistas, muitos mesmo. Nos locais turísticos em que eu fui, algumas vezes eu pedia alguma informação a alguém e o que eu ouvia era “Sorry...”. E são turistas do mundo todo. Na área mais turística, os preços dos hotéis, restaurantes e comércio são bem altos.

16. Encontrei alguns brasileiros trabalhando por aqui, principalmente no Algarve, em mercados e lanchonetes, por exemplo.

17. Os portugueses em geral que trabalham no atendimento às pessoas, seja público ou privado, não fazem muito esforço em agradar. Fazem o seu trabalho, e pronto. Eu quero me referir a restaurantes, lanchonetes, bancos, aeroporto, estações de comboio e metrô, locais turísticos, hotéis, mercados, lojas, hospitais, e o Serviço das Finanças, por exemplo, que foram alguns dos locais onde eu estive durante a minha estada em Portugal. Em um dos restaurantes em Amadora onde nós almoçamos algumas vezes, por exemplo, uma senhora de mais idade era sempre séria; mas quando erámos atendidos por outra, mais jovem, que era de Cabo Verde, eu acho (ela me disse, mas eu não me lembro), ela conversava, perguntava como minha mãe estava, sorria, enfim, o atendimento era diferente.

Em Faro, fomos jantar um dia em um restaurante (“O Murta”), e o garçom, já um senhor de meia-idade, atendia muito mal, era seco, antipático, e trabalhava com muita má vontade. Estava de chinelos, bermudas, e vez ou outra ia à rua para fumar, voltando sem lavar as mãos direto para atender os clientes. Nós só não saímos porque já era tarde para ir em outro restaurante.

18. Os horários de funcionamento dos parques, serviços públicos, museus, pontos turísticos e igrejas variam se no inverno ou verão. Neste período do ano, quando o dia permanece claro até mais tarde, o funcionamento também se estende.

19. Exceto as grandes lojas e shoppings, as lojas aqui em Portugal têm que fechar por uma hora para o almoço. E não é somente aqui, mas em outros países da Europa também.

20. O atendimento hospitalar público em Portugal não é tão bom quanto eu imaginava. E também não é gratuito, mantido somente pelos impostos; os próprios cidadãos portugueses têm que pagar uma quantia quando são atendidos, exceto os reformados (aposentados) que ganhem uma aposentadoria pequena. Levei minha mãe ao Centro de Saúde e a um hospital em Amadora, e a um outro em Cascais. O atendimento na recepção foi burocrático, e o prestado pelo único médico que atendeu minha mãe foi horrível. E as pessoas com quem eu conversei, a começar pela minha prima, disseram que em Portugal é assim mesmo. Não vou dizer que no Brasil o atendimento é melhor, mas eu esperava que em Portugal fosse bem diferente. fr

Santuário de Nossa Senhora da Piedade

Sábado passado, dia 30, eu e minha mãe fomos visitar primos aqui em Loulé. Nossa prima Carla nos levou para visitar o Santuário de Nossa Senhora da Piedade, também conhecido como Santuário da Mãe Soberana. Nós tínhamos estado lá na minha primeira viagem, em 1983. É considerado um dos principais santuários dedicados à Nossa Senhora, mãe de Jesus em Portugal. Segundo a Wikipédia: “De acordo com os registos existentes da Ordem Militar de Santiago, a Ermida de Nossa Senhora da Piedade foi edificada em 1553 no alto de um cerro situado nas imediações do centro urbano de Loulé e junto a um importante eixo viário que, desde a época romana, faz a ligação entre São Brás de Alportel, Loulé e Boliqueime.” Em meados do século passado, um templo bem maior, de teto circular, foi construído, a fim de acomodar o grande número de pessoas que vão até lá. A antiga igreja permanece, apenas para pequenas celebrações. fr

domingo, 1 de julho de 2018

Greve dos funcionários da Justiça

Na sexta-feira, dia 29, vi na televisão que o Sindicato dos funcionários judiciais deu início a uma greve por três dias; além de sexta, os dias 2 e 3 de julho. A paralisação já tinha sido anunciada há semanas, e foi prometida para ser colocada em prática se o governo não cumprisse as promessas feitas para os funcionários da Justiça. É mais uma das categorias de trabalhadores aqui em Portugal que reclamam de perdas e desconsideração por parte do governo, desde que eu cheguei ao país. fr

A paixão por futebol é grande em Portugal

Esta foto eu tirei mais pela curiosidade... tem vários muros pintados com este lema aqui em Faro. Fui pesquisar para saber o que é. Trata-se do Sporting Clube Farense, clube de futebol mais antigo de Faro. O Farense já disputou a Primeira Divisão do campeonato português há alguns anos, mas passou por uma difícil fase recentemente, quando quase fechou. Este ano, disputará a Segunda Divisão. Os portugueses não deixam de seguir sua vida por conta da Copa do Mundo, mas muitos são fanáticos pelos seus clubes, seja pelo futebol ou outro esporte, chegando a brigar. Ou seja, nada diferente dos fanáticos por futebol no Brasil. fr

Jogos de azar também na TV portuguesa

E não é que aqui em Lisboa também tem aqueles programas chatos de azar, que enganam as pessoas na TV? A pessoa tem que ligar e acertar o que estão pedindo, no caso, na foto que eu fiz, descobrir três imagens diferentes. O prêmio: mil euros. Lá, como cá! 😅 😅 😅  fr